Globo adia “Troia” e escala Walcyr Carrasco, de novo, para faixa das 21h

Da Redação

07/09/2018

Walcyr Carrasco volta ao horário das 21h, no fim do primeiro semestre de 2019 (Imagem: Divulgação / Globo)

Aconteceu de novo. Walcyr Carrasco “furou a fila” do horário das 21h, segundo informações da jornalista Patrícia Kogut. O autor responde pela trama que irá substituir “O Sétimo Guardião”, de Aguinaldo Silva – com estreia agendada para 12 de novembro –, sucessora de “Segundo Sol”. Folhetim inicialmente previsto para a faixa, “Troia”, de Manuela Dias, virá na sequência deste novo trabalho de Carrasco.

O autor vem embalado pelo êxito, em audiência, de “O Outro Lado do Paraíso”, finalizada em maio – após inúmeras críticas de especialistas e público acerca do texto. Desta vez, porém, Walcyr não estará ao lado do diretor artístico Mauro Mendonça Filho; Amora Mautner – de “Avenida Brasil” (2012) – responderá pela função.

A Globo atribui à mudança da fila nas 21h às férias de Adriana Esteves e Taís Araújo, escaladas para protagonizar “Troia”. Adriana estará no ar, até novembro, como Laureta, de “Segundo Sol”. Já Tais estreia como apresentadora do canal, no próximo dia 16, via “Popstar”; em paralelo ao reality musical, ela grava a série “Aruanas”. Regina Casé, longe do vídeo desde o fim do “Esquenta!”, em 2017, completa o trio central.

A emissora garante que todo o elenco de “Troia” segue “reservado”; além das protagonistas, Alice Wegmann, Cauã Reymond, Débora Bloch, Juliano Cazarré, Leandra Leal, Murilo Benício, Paolla Oliveira e Renata Sorrah, dentre outros. José Luiz Villamarim assina a direção artística.

Vale ressaltar que Walcyr Carrasco não irá levar para a faixa das 21h a continuação de “Verdades Secretas”. Conforme divulgado pelo RD1, o autor vinha se dedicando a este projeto; Amora Mautner era cotada para a direção artística.

Histórico

Cabe lembrar que “O Outro Lado do Paraíso” também foi concebida “de improviso”. Duca Rachid e Thelma Guedes responderiam pela substituta de “A Força do Querer”, em outubro do ano passado. A Globo, porém descartou, a sinopse de “O Homem Errado”, convocando o “curinga” Walcyr Carrasco. No ano anterior, o autor esteve no ar às 18h com “Eta Mundo Bom!”, também concebida para preencher o espaço vago após o “descarte” de “Trem Bom”, projeto de Maurício Gyboski.

Na emissora, como novelista, desde 2000, Carrasco passou por todos os horários, quase sempre com êxito. Respondeu por “O Cravo e a Rosa”, “A Padroeira” (2001), “Chocolate com Pimenta” (2003) e “Alma Gêmea” às 18h. O êxito desta última motivou sua transferência para às 19h, com “Sete Pecados” (2007), “Caras e Bocas” (2009) e “Morde & Assopra” (2011). Às 23h, fez “Gabriela” (2012) e “Verdades Secretas” (2015). Em 2013, estreou às 21h, com “Amor à Vida”.

Saiba Mais:

Globo define estreia de “O Arroz de Palma”, às 18h

Globo promove oficina para pretensos autores de “Malhação”

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Da Redação
Escrito por

Da Redação

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.