Globo alfineta Bolsonaro ao falar de mortes por covid-19 no Brasil

Bolsonaro
Globo debochou de frase utilizada por Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Facebook – Globo)

A Globo decidiu falar sobre o número de mortes por covid-19 no Brasil com uma frase que acabou sendo apontada como alfinetada no presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A situação aconteceu no Encontro com Fátima Bernardes, nesta quinta-feira (25).

O programa mostrou que o país foi o que teve a maior média de mortes pela primeira vez na pandemia e exibiu uma comparação com Estados Unidos, México, Itália e Rússia. Na imagem, a emissora colocou: “Brasil acima de todos”, uma referência ao slogan de campanha do presidente em 2018.

Na época das eleições, a frase “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos” foi utilizada como bordão por Bolsonaro e, inclusive, ela deu nome à sua coligação.

Apesar disso, a inspiração do bordão é de um brado da Brigada de Infantaria Paraquedista do Exército criado no final da década de 1960, durante o período da Ditadura Militar (1964-1985).

“Globo trollando o ‘Brasil acima de todos’ em cima do Genocídio do Bolsonarismo”, escreveu um internauta, após ver a cena do Encontro.

Outro telespectador comentou: “A direta da Globo no Bolsonaro usando o ‘Brasil acima de todos’ na média de mortes diárias no #Encontro”.

Ontem (24), o Brasil bateu a triste marca de 300 mil mortes por Covid-19 e registrou 90.504 novos casos confirmados, o segundo maior registro em um dia. O país teve 2.244 mortes pela Covid-19 em 24 horas e a média móvel de mortes no país nos últimos 7 dias chegou a 2.279.

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›