Globo ameaça atitude contra o Athletico-PR na TV aberta

Globo
Athletico-PR pode sofrer punição severa da Globo (Imagem: Divulgação)

A situação entre a Globo e o Athletico-PR segue complicada. A emissora agora ameaça de não mais transmitir as partidas do clube na TV aberta. Isso porque o time desejava continuar usando o Furacão Play, seu sistema de pay-per-view próprio.

Segundo informações do UOL Esporte, uma liminar dada pela Justiça do Paraná em favor do Grupo Globo impediu a estratégia de usar a Medida Provisória 984 para valer a “lei do mandante” no PPV.

Com isso, a Globo garante que o Athletico-PR não pode usar a medida assinada por Jair Bolsonaro (sem partido) para vender o seu PPV a torcedores de outros clubes. Sendo assim, o time só pode fazer a transmissão usando a MP para o Furacão Play, que tem acesso restrito aos seus sócio-torcedores.

O canal aproveitou para atacar a postura dos dirigentes do time e ameaçou de romper o contrato que tem para a TV aberta. Esse acordo, cabe lembrar, é a maior fonte de receita atual do Athletico-PR.

“É preciso ter bem claro que, a prevalecer a manobra do réu, em frontal violação aos contratos já celebrados, a autora reavaliará a conveniência de manutenção dos contratos já celebrados e a possibilidade de interrupção de todos os pagamentos ainda pendentes de acordo com esses contratos ou sua eventual redução”, comenta o canal.

Cabe lembrar que o clube possui acordo com a emissora carioca para a transmissão de jogos na TV aberta e com a Turner, para os jogos na TV paga. Porém, o Athletico-PR não assinou com nenhuma empresa o PPV.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.