Globo corre atrás de plano B após Band mostrar interesse pelo UFC

Globo
Globo quer manter Canal Combate mesmo se perder o UFC para a Band (Imagem: Reprodução / Globo)

A Globo confirmou a possibilidade de derrota na briga com a Band pelos direitos de transmissão do UFC em 2023 e sem qualquer cerimônia admitiu a possibilidade de um plano B para a permanência do Canal Combate, o pay-per-view de lutas do conglomerado de mídia.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Sem exibição de lutas na TV aberta desde 2018 por falta de audiência, a Globo colocou o catálogo do UFC apenas no Combate. Com a negociação para 2023-2026 e a possível chegada do streaming da organizadora, a emissora perdeu o tesão na competição.

Para Globo e Band, o UFC ofereceu 12 lutas por ano de cards dos maiores eventos com lutadores brasileiros. Segundo o Notícias da TV, a emissora da família Marinho se manifestou por meio de nota e colocou os pingos nos is sobre tudo.

publicidade

Veja Também

Globo aposta em parceria de longa data com o UFC para garantir renovação

Com certo apelo, a assessoria da Globo frisou que “o UFC é um parceiro de longa data da Globo, com exibição de seus eventos em várias plataformas, em especial no Combate”.

A comunicação da empresa garantiu que não perdeu o ritmo da negociação com a organizadora. “Estamos sempre buscando boas oportunidades para os dois lados”, comentou.

Com uma espécie de plano B, nos últimos tempos o canal iniciou investimentos em lutas de boxe, como visto em combates entre Whindersson Nunes e Popó, e até com Mike Tyson.

A empresa fechou parceria com a Top Rank, promotora de lutas com grandes nomes do boxe como Muhammad Ali, Sugar Ray Leonard, Oscar de La Hoya, Floyd Mayweather, Robson Conceição e Esquiva Falcão, e com o Glory.

publicidade

“Além de MMA, boxe e kickboxing, o canal oferece ainda competições de jiu-jitsu, caratê e muay thai, além de programas exclusivos, documentários, séries e acervo de lutas históricas”, destacou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.