Globo corta mais de R$ 280 milhões em salário, mas fecha 1º semestre no prejuízo

Globo
Globo corta salários e demite funcionários, mas tem semestre no vermelho (Imagem: Reprodução / Globo)

Mesmo com a saída de nomes como Fausto Silva, Angélica, Lázaro Ramos e Tiago Leifert, a Globo fechou o 1º semestre de 2021 no prejuízo. O canal da família Marinho fez o possível para que o valor não fosse maior e partiu para os cortes antes da divulgação do primeiro balanço do ano.

De acordo com o UOL, a Globo encerrou o primeiro semestre deste ano com um prejuízo de R$ 144 milhões. No ano passado, o prejuízo da empresa de comunicação foi de R$ 51 milhões. Em nota, o canal informou:

“[A] Diminuição de R$ 281 milhões em pessoal como resultado das iniciativas contínuas de corte de custos, explicadas principalmente pela diminuição no número de funcionários devido à reestruturação corporativa desde 2019 e o menor custo de elenco”.

O futebol, a compra de filmes e séries foram responsáveis pelos maiores aumentos de custo da emissora. A receita da empresa chegou ao valor impressionante de R$ 6.451 bilhões em seis meses.

Em agosto, Jorge Nóbrega, presidente executivo do Grupo Globo, afirmou em entrevista ao Valor Econômico que “a tarefa de virar uma ‘media tech’ exige tornar mais eficientes as operações tradicionais para manter uma boa gestão de caixa e apoiar novos produtos digitais, como o Globoplay, que têm alto crescimento, mas ainda requerem investimento pesado”.

No primeiro semestre deste ano, a Receita Líquida da Globo cresceu 17% em relação ao mesmo período de 2020. Apesar disso, o lucro operacional caiu 133%, saindo de um lucro de R$ 613 milhões para um prejuízo de R$ 201 milhões.

Para Manuel Belmar, diretor-geral de Finanças da Globo, o segundo trimestre mostrou uma recuperação de receitas e mostrou a capacidade da Globo. “Temos uma estratégia de negócios clara, sólida situação econômico-financeira, competência, qualidade, comprometimento e dedicação de todos os colaboradores”, disse em comunicado enviado ao mercado.

“Mesmo diante de bons resultados, sabemos que a pandemia deve nos acompanhar por mais um tempo, o que deve demandar ainda paciência e cuidados especiais para a retomada do ritmo normal de produções. Enquanto isso, continuaremos mantendo o foco na saúde e segurança dos colaboradores com total prioridade”, completou.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›