Globo e Maju Coutinho são processados por réu absolvido de crime de racismo

Maju Coutinho
Maju Coutinho está sendo processada por réu absolvido (Imagem: Reprodução / Globo)

A Globo e Maju Coutinho estão sendo alvos de um processo aberto por um dos quatro homens acusados de promover ataques racistas contra a apresentadora. O réu absolvido de crime pede indenização por danos morais e materiais.

Segundo informações da colunista Mônica Bergamo, da Folha, Kaique Batista pede R$ 782.210,51 como reparação pela exposição de sua imagem no caso. O rapaz foi absolvido no processo aberto pela âncora e pela emissora por insuficiência de provas.

O processo, inclusive, cita uma reportagem apresentada no Jornal Nacional. Em dezembro de 2015, a matéria falou sobre uma operação da polícia e da promotoria na casa de Kaique, na qual foram apreendidos computadores e celulares.

“Com essa barbárie, a Rede Globo e a corré Maria Julia destruíram a vida de um ser humano”, afirma o advogado Angelo Carbone em ação.

“[Os acusados] fizeram com que ele fosse execrado pela opinião pública, sua casa foi apedrejada, para não morrer teve que mudar de casa, e pagar aluguel, desempregado, e com problemas psicológicos, sofreu tudo o que não devia ter ocorrido, e diante disso, se espera que seja feita justiça”, completa.

Além disso, o representante do rapaz diz que “a destruição de um jovem, por uma falsa informação de crime que perdurou por todo o processo, graças à publicidade da Rede Globo, que fez o papel kafkiano e a sua funcionária, que para manter os argumentos da poderosa sustentou uma mentira”.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.