Globo enfrenta times cariocas após não pagar cota por direitos de transmissão

Globo
Globo enfrenta times do Campeonato Carioca (Imagem: Divulgação / Globo)

A Globo não pagou aos times do Campeonato Carioca a última cota referente aos direitos de transmissão da edição deste ano, como anunciou que faria mesmo com a rescisão unilateral do contrato com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro, a Ferj. O combinado era que a quantia estaria na conta antes do fim do campeonato.

Segundo informações do UOL Esporte, o combinado era que a parcela de R$ 18,519 milhões seria depositada para divisão entre os 11 clubes que assinaram com a emissora para o torneio, menos o Flamengo. O valor estaria na conta cinco dias antes do fim do campeonato, mas por questões de caixa, o Grupo Globo pediu um adiamento e se comprometeu a pagar tal quantia até o dia 22, quarta-feira, mas a transação não foi realizada.

O imbróglio ganhou força após a Globo ter decidido que só faria o pagamento caso a Ferj assinasse um documento aceitando e reconhecendo o rompimento para que não haja uma discussão sobre o assunto em juízo.

“Em assim sendo, a Ferj, neste ato, reconhece que está rescindida a Proposta Comercial aceita pela Ferj e pelos clubes cedentes, em 17 de junho de 2016 e seus correspondentes aditamentos, referentes aos direitos de exibição, nas temporadas de 2016, 2017, 2018, 2019, 2020, 2021, 2022, 2023 e 2024, do Campeonato Estadual da Série A de Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, e dá à Globo a mais ampla, rasa e geral, irrevogável e irretratável quitação, para nada mais reclamar, em juízo ou fora dele, acerca da Proposta, a qualquer tempo e título, renunciando expressamente ao eventual direito de cobrar da Globo qualquer outra importância relacionada direta ou indiretamente à Proposta ou sua rescisão”, afirmou o documento enviado pela Globo.

Os clubes entendem ter direito aos R$ 408,5 milhões restantes conforme estipulado no contrato, assinado em 2016 e com validade até 2024. A federação não assinou o documento. Os times não aceitam que o montante de R$ 18 milhões seja o fim das discussões e querem os R$ 98,4 milhões pelo campeonato de 2021, R$ 101 milhões pelo Carioca de 2022, R$ 103,5 milhões por 2023 e R$ 105,6 milhões por 2024.

Em resposta à reportagem, a Globo informou que já pagou 81% dos valores do contrato do Estadual de 2020. “A empresa reitera sua disposição de pagar o saldo restante da temporada, de acordo com o comunicado emitido quando ocorreu a rescisão do contrato, mas esse pagamento deve vir acompanhado da respectiva quitação, como de praxe, que dará à Globo a garantia de que não haverá questionamentos futuros por um contrato já encerrado”, pontuou.

A Ferj bateu o martelo e afirmou que irá à Justiça buscar a liberação dos R$ 18 milhões travados pelo canal da família Marinho e confidenciou a dirigentes que não assinará o documento sugerido onde abriria mão de discutir os milhões restantes.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.