Globo estabelece forma para pagamento dos direitos de equipes das novelas em reprise

Globo
Lilia Cabral como Pereirão de Fina Estampa; Globo define pagamentos dos direitos de equipes das novelas no ar em reprise (Imagem: Divulgação / Globo)

A Globo já decidiu de que forma vai estipular os pagamentos dos direitos de todos os envolvidos nas equipes das novelas Novo Mundo (2017), Totalmente Demais (2015) e Fina Estampa (2011), que estão sendo reprisadas atualmente.

De acordo com a coluna de Flávio Ricco, do UOL, a emissora estabeleceu um prazo de 90 dias a contar a partir do final da exibição de cada uma das tramas que estão no ar para que os cachês de cada profissional comecem a ser pagos.

A justificativa para a espera seria pela indecisão a respeito de quando os três folhetins chegarão de fato ao fim. Só assim será possível levantar o valor que cada um tem direito a receber.

A regra vale para todos que trabalharam nas produções, sem nenhuma exceção. Nem mesmo os atores fugiram do estabelecido. Esses, a propósito, serão reembolsados a contar pelo número de capítulos em que apareceram.

As novelas estão no ar novamente em seus respectivos horários originais como saída encontrada pela Globo para preencher o espaço na programação durante o período de quarentena, após medidas adotadas para prevenção pela propagação da pandemia do novo coronavírus terem causado a suspensão dos trabalhos de folhetins inéditos.

PRÓXIMA MATÉRIA→

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

RECEBA NOTIFICAÇÕES GRÁTIS