Globo fala pela 1ª vez sobre os times abandonados pela Turner

Globo
Globo reage após times perderem contratos com a Turner (Imagem: Reprodução / Globo)

A Turner divulgou nota sobre o fim dos acordos com sete times da Série do Campeonato Brasileiro a partir de 2022 e, questionada sobre o assunto, a Globo falou extraoficialmente sobre a permanência do seu método de negociação, como condições e valores.

Fernando Manuel Pinto, direito de esportes do Grupo Globo, afirmou que a empresa não mudará o padrão do seu negócio em benefício dos times sem contrato com a TV por assinatura.

“Temos hoje, na Série A, um modelo estabelecido. Não nos distanciamos desse padrão em todas as aquisições ao longo dos anos por coerência, respeito aos clubes já signatários e crença de que não se administra uma questão como essa, de construção de um modelo coletivo via acertos individualizados no decorrer do tempo, sem estabelecer um padrão”, explicou ao Máquina do Esporte.

Palmeiras, Santos, Fortaleza, Ceará, Bahia, Athletico-PR e Juventude, caso continuem na Série A, vão representar 35% dos jogos do Campeonato Brasileiro no ano que vem.

Valores

No ano passado, os times com contrato com a Globo na TV por assinatura receberam cerca de R$ 317 milhões. Cada clube recebeu R$ 10,5 milhões.

Em 2022, com os 20 clubes com contrato firmado com o SporTV, o valor será de R$ 12 milhões para cada, totalizando R$ 600 milhões, já com a correção da inflação. E mais: outros R$ 360 milhões serão divididos por desempenho e aparição na TV.

O fim

A Turner comunicou  que “não exercerá o direito de transmitir o Campeonato Brasileiro da Série A, sob a marca TNT Sports a partir de 2022”, mas garantiu que a decisão “não afetará a edição atual do torneio”.

O Grupo de Comunicação salientou que a ação só foi possível “porque a oferta de transmissão fragmentada do Campeonato Brasileiro de Futebol não permite à companhia proporcionar uma experiência integral aos seus assinantes”.

“A WarnerMedia Latin America reforça seu comprometimento com o conteúdo local e continua acreditando no esporte como uma excepcional plataforma para gerar conexões emocionais com a audiência”, relacionou.

“Neste sentido, seguirá trabalhando para adquirir direitos de transmissão que atendam nossa estratégia de priorizar investimentos em conteúdo mais completo e que proporcionem a melhor experiência aos usuários, sob o slogan da TNT Sports, Paixão sem Limites”, comentou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›