Globo perde audiência com especial do Carnaval em São Paulo

Globo
Michelle Barros apresentou o especial SP no Samba, que afetou negativamente a audiência da Globo (Imagem: Reprodução / Globo)

No último sábado (15), a Globo apostou na exibição de um especial sobre o Carnaval de São Paulo. O SP no Samba, apresentado por Michelle Barros, trouxe histórias de superação relacionadas à folia e às agremiações. A audiência, contudo, não demonstrou interesse pelo programa. Dados referentes a Grande São Paulo atestam a queda nos índices – que acabou por afetar as atrações exibidas na sequência.

O SP no Samba rendeu 9,3 pontos. O documentário contou com apresentação de Michelle Barros, que, este ano, assume a transmissão do desfile das escolas de samba de São Paulo, na sexta-feira (21) e no sábado (22), ao lado de Chico Pinheiro. Antes, o Jornal Hoje registrou 11 de média; Fábio William respondeu pelo telejornal.

Depois do especial, a Sessão Comédia marcou 9,7 pontos com O Melhor da Escolinha do Professor Raimundo; no sábado anterior (8), garantiu 12. O SóTocaTop Verão consolidou 9,4 de média; trata-se do recorde negativo da atual temporada, comandada por Ludmilla e Mumuzinho. Ainda, 12,8 pontos para o Caldeirão do Huck.

Mais cedo, 5,3 do Como Será? e 6,4 para o É de Casa. O SP1 ficou abaixo do Jornal Hoje, com 10,6 de média; já o Globo Esporte SP fechou ligeiramente acima, com 11,1. No horário, o 21,1 com o SP2 e 24,8 do Jornal Nacional; Sandro Dalpícolo, do Paraná, e Luana Borba, do Amazonas, dividiram a bancada do telejornal.

Por fim, 21,7 com o BBB 2020 – marcado pela desavença entre Lucas e Thelma, inconformada com o fato do brother não contribuir com as compras da casa –, 15,1 do Altas Horas, 9,2 para Sequestro Relâmpago (2018) em Supercine e 7,9 com o boletim Selfie BBB. O Corujão atingiu 5,9 com O Tempo e o Vento (2014) e 3,6 durante A Lenda de Longwood (2014).

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox