Globo Repórter sobre os 70 anos da TV brasileira deixa a web em polvorosa

Globo Repórter
Os apresentadores Chacrinha, Silvio Santos, Hebe Camargo e Chico Anysio no Globo Repórter Especial 70 anos da TV no Brasil (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

A Globo levou ao ar na noite da última sexta-feira (18) o Globo Repórter em homenagem aos 70 anos da TV brasileira. O canal da família Marinho não restringiu o seu documentário apenas aos talentos da casa, falou sobre Silvio Santos e daqueles que não estão mais entre nós, desde Hebe Camargo até Chacrinha e Chico Anysio.

Gloria Maria e Sandra Annenberg conversaram com nomes fortes da TV e fizeram uma visita emocionante ao passado, com lembranças de programas que fizeram história como o Cassino do Chacrinha, a Escolinha do Professor Raimundo, Os Trapalhões, e aquele que fez o gênero culinário explodir na TV: o MasterChef, da Band.

As novelas também protagonizaram um trecho importante do especial, como 2-5499 Ocupado, estrelada por Tarcísio Meira e Glória Menezes, O Bem-Amado, Gabriela, Saramandaia, Vale Tudo, Mulheres de Areia, Paraíso Tropical e até Pantanal e Xica da Silva, da extinta TV Manchete.

O jornalismo abocanhou boa parte da edição, que contou com as participações de William Bonner e Renata Vasconcellos direto do estúdio do Jornal Nacional. “O papel que a televisão desempenha nesses dias tão sofridos, tão difíceis para a humanidade é um papel de uma nobreza enorme”, afirmou o editor-chefe do principal jornal do país.

“Na televisão temos algo chamado jornalismo profissional. É aquele em que você pode confiar. Isso nos dá enorme orgulho e reforça sempre aquilo que é um sentido que tá muito presente em todos nós: responsabilidade”, completou Bonner. “Mesmo revestidos desse senso de responsabilidade, a gente também vive junto. Todas as angustias, esperanças. Em televisão tem muito isso, dessa transparência, do contato do olhar com quem está em casa”, refletiu Renata

A web ficou eufórica com o conteúdo do programa e rasgou elogios. “Foi de arrepiar. A história da TV brasileira é emocionante”, declarou uma internauta. “Eu me emocionei assistindo”, admitiu outra. “Simplesmente sensacional”, enalteceu um terceiro. “Excelente o primeiro Globo Repórter”, destacou mais uma.

Aos desavisados: semana que vem tem mais. “Se você pensa que acabou, calma. Na semana que vem tem mais, muito mais!”, afirmou Gloria Maria. “O que seria da TV sem o esporte, e o que seria do esporte sem a TV? A incrível atração dos programas de auditório, com a participação dos brasileiros ao vivo”, anunciou Sandra Annenberg.

“Do Chacrinha ao BBB”, completou Maria. “E você vai relembrar de personagens que entraram e saíram de cena, mas ficaram para sempre na nossa memória. E é claro que você não vai perder o nosso segundo capítulo. Até lá!”, finalizou.

Confira a repercussão na web:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.