Globo revoluciona e proíbe memes com participantes do BBB 2022

Tadeu Schmidt
Tadeu Schmidt é quem vai apresentar próxima edição do reality (Imagem: João Cotta / Globo)

Depois dos ataques sofridos pelos participantes da edição deste ano, a Globo quer poupar o futuro elenco do BBB 2022. Segundo informações do site TV Pop, para isso, a emissora criou uma série de regras que vão precisar ser seguidas pelas marcas que forem anunciar no programa.

De acordo com a publicação, as agências de publicidade chegaram a receber um documento a respeito das oportunidades comerciais do reality, além das determinações que as marcas vão precisar seguir, caso feche contrato com a emissora carioca.

Para exemplificar, a Globo selecionou as publicações que as empresas fizeram a respeito da edição deste ano do programa, e separou em duas categorias: o que pode e o que está vetado pela direção no próximo ano.

Uma das exigências da emissora é que os perfis dos participantes deixem de ser marcados nas publicações dos anunciantes. Além disso, fica proibido também das marcas interagirem com as páginas do diretor Boninho e do novo apresentador, Tadeu Schmidt.

Outro fator que os executivos do programa pontuou foi a proibição de reprodução de imagens do cotidiano da casa, independentemente da plataforma em que o conteúdo tenha sido capturado, seja TV aberta, pay-per-view, Globoplay ou Multishow.

Caso queira usar imagens de dentro do reality, o anunciante vai precisar comprar um pacote separado, o qual não teve o preço revelado. Ainda assim, a empresa não terá acesso a alguns momentos do programa, como festas, provas e dinâmicas.

Fica vetado também a repercussão de polêmicas que os participantes venham a se envolver dentro do confinamento. Caso seja pressionada pelo público, a empresa pode se posicionar usando apenas seu nome, sem mencionar o Big Brother ou seus participantes.

Entre os exemplos listados pela direção do programa, estão algumas situações que aconteceram na última edição do reality. A primeira delas foi um post da Avon, em que aparece pedindo que Fiuk usasse protetor solar. A Globo alega que o anunciante não pode fazer menção negativa ao participante.

O outro foi envolvendo a Coca-Cola, quando a marca se posicionou após Karol Conká se tornar líder em uma prova com o nome da empresa. “O anunciante não pode manifestar-se contra ou a favor de fatos ocorridos no programa”, esclareceu a emissora.

Um terceiro exemplo utilizado foi com a C&A, que modificou a imagem de Sarah Andrade em uma dinâmica com ganha ou não ganha. Para isso, a Globo se justificou: “O anunciante não pode fazer edições na imagem com os brothers“.

Vale lembrar que o início do jogo foi marcado para o dia 17 de janeiro, segunda-feira, logo após Um Lugar ao Sol. “17 de janeiro! Já temos data de estreia”, celebrou Tadeu Schmidt. “BBB 2022 tem data de estreia. 17 de janeiro!”, divulgou Boninho.

A maior expectativa de todos da Globo, além da escolha dos participantes, está na condução de Tadeu Schmidt. Ele nunca esteve no comando de um programa do gênero.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›