Globo surpreende e dispensa Miguel Falabella após 39 anos

Miguel Falabella
Miguel Falabella foi demitido da Globo (Imagem: Divulgação/ Globo)

Um dia após José de Abreu anunciar que foi demitido – após quase 40 anos de contrato -, a Globo decidiu dispensar Miguel Falabella. O artista está deixando a emissora depois de 39 anos de trabalho.

Segundo informações da colunista Patrícia Kogut, o famoso foi avisado nesta quinta-feira (4) que seu contrato não será renovado. “Foram quase 40 anos, toda uma vida. Mas é vida que segue”, afirmou ele à publicação.

Conhecido por ser multifacetado, o ator, roteirista e diretor assinou séries como Pé na Cova (2013 – 2016) e Toma Lá, Dá Cá (2007 – 2009), além de novelas como A Lua Me Disse (2005). Miguel também fez sucesso como o Caco Antibes em Sai de Baixo (1996 – 2002).

Recentemente, o colunista João Batista Jr, da revista Veja, informou que o departamento de teledramaturgia, comandado por Silvio de Abreu, será o mais afetado em cortes nos próximos dias. A Globo tem seguido uma política de cortes de gastos que inclui a necessidade de administrar um elenco cada vez menor.

Cabe lembrar que desde o ano passado surgem boatos sobre a sua saída da emissora carioca. Em novembro passado, por exemplo, o autor chegou a negar as polêmicas.

“Eu nunca disse isso, nunca falei isso pra ninguém [que deixaria a Globo]”, disparou o famoso, indignado, ao TV Fama, da RedeTV!. “As pessoas escrevem o que querem, e isso passa a ser verdade. Que bom que posso falar aqui sobre isso”, emendou o também ator.

Os rumores surgiram quando, durante o 47º Festival de Gramado, em agosto de 2019, Miguel Falabella revelou que se sente preso e que o contrato lhe impede de negociar projetos em outros lugares.

“Acho que não quero renovar porque eu fico muito preso e quero liberdade. Se eles dizem não a um projeto meu, não tenho outra porta para bater”, declarou o famoso, na ocasião.