Governo Bolsonaro exonera número 2 de Regina Duarte

Regina Duarte
Braço direito de Regina Duarte é exonerado pelo governo (Imagem: Reprodução / Globo)

O governo de Jair Bolsonaro (sem partido) exonerou o secretário especial adjunto Pedro José Vilar Godoy Horta da Secretaria Especial de Cultura. Ele era o braço direito de Regina Duarte, responsável pela pasta, desde a sua nomeação, no início de março.

A saída do número 2 da secretaria foi publicada ontem em edição extra do Diário Oficial da União. A demissão contou com a assinatura do ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto. Até o momento, nenhum nome foi indicado para o lugar.

Na época em que Regina assumiu a pasta, Pedro foi nomeado chefe de gabinete da atriz. No final do mês passado, ele assumiu o cargo de secretário especial adjunto. Quase três semanas depois, a exoneração, que pegou todos de surpresa. As informações são do UOL.

A perda de mais um integrante da equipe alimentou a fogueira criada por aliados de Bolsonaro contra a ex-contratada da Globo. A campanha de bolsonaristas contra a famosa cresceu nas últimas semanas, com indiretas feitas pelo próprio presidente em conversa com jornalistas.

Recentemente, o jornal O Globo revelou que um núcleo formado por aliados do “capitão” preparou um dossiê contra Duarte, com o intuito de desgastar a imagem dela com o Chefe do Executivo.

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox