Gugu falou sobre saída do SBT (Imagem: Reprodução / Record)

Gugu Liberato foi um dos convidados do “Programa do Porchat” desta quarta-feira (12) em meio às comemorações dos 65 anos da Record, mas o que causou grande repercussão foi o comentário do apresentador sobre a sua saída do SBT.

Gugu deixou o canal em 2009, na última e grande fase de contratações entre emissoras. Ele afirmou que a decisão foi das mais difíceis. “Foi uma decisão muito difícil para mim. Larguei o SBT após 35 anos. Queria um novo desafio, e a Record me possibilitava isso”, contou.

O comunicador ainda falou sobre a troca de formatos, saindo dos programas de auditório e iniciando a sua carreira como apresentador de reality show, como o “Power Couple” e agora com o “Canta Comigo”.

“É mais difícil. Quando você apresenta um formato, tem que seguir regras, é muito delimitado. Não é como apresentar um programa. Mas foi muito gratificante, esse programa é mais bonito esteticamente, foi um presente da Record”, disse ele, afirmando que sente saudades dos programas de auditório.

“Existem animadores e apresentadores, eu me coloco como os dois. Eu estava sendo mais animador que apresentador nos meus programas. Sinto falta de animar, é muito gostoso fazer brincadeiras”, completou.

Gugu ainda enumerou problemas no comando do “Canta Comigo”, principalmente nos três primeiros programas. “No quarto começou a andar. Não é fácil um formato complexo como esse. São cem microfones sendo operados, a mesa de som é impressionante, nunca tinha visto. Recebi vídeos do original da BBC [‘All Together Now’], era muito difícil entender essa mecânica. Sou muito exigente comigo mesmo, até demais. É até chato, cobro a mim mesmo”.

Sobre o “Power Couple”, Liberato revelou que o trabalho era tanto que até viajar, um costume do apresentador, ficou inviável.  “Exigia muitas horas, não dá nem para viajar. Em alguns dias chegava 10 da manhã e saía 2h da madrugada. Tem muitas provas, muita demora, apostas. A convivência com os casais é quase nula, só converso com eles no estúdio e não vejo mais”.

O “Canta Comigo” terminou nesta quarta-feira e consagrou Débora Pinheiro como a campeã da primeira temporada. Fábio Porchat perguntou se Gugu estaria à frente da segunda temporada, já confirmada pela emissora. “Isso é com o Marcelo [Silva, vice-presidente artístico e de programação da Record]”, disse.

Saiba Mais:

Eliana grava com Wesley Safadão e é criticada nas redes sociais

Em momento raro, Fátima Bernardes fala sobre relacionamento com Túlio Gadêlha

Acompanhe muito mais na sua Rede Social preferida:

Instagram: @RD1Oficial

Twitter:   @RD1Oficial

Facebook: @RD1Oficial  


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!