Gusttavo Lima é visto sozinho nos Estados Unidos e Andressa Suita se pronuncia

Gusttavo Lima
Gusttavo Lima viajou para uma turnê nos EUA (Imagem: Reprodução / Instagram)

O cantor Gusttavo Lima já está em solo norte-americano. Mas uma situação chamou a atenção. Segundo informações do colunista Leo Dias, do Metrópoles, o sertanejo embarcou para os Estados Unidos e foi visto por lá sozinho.

Simpático, Gusttavo atendeu alguns fãs enquanto passeava sem a companhia dos filhos, Samuel e Gabriel, e de Andressa Suita. A cena rendeu dúvidas justamente por ele ter passado alguns dias de quarentena com toda a família em Cancún, no México, antes de embarcar para os EUA.

O esperado era que todos fossem juntos. Em suas redes sociais, Andressa explicou o motivo de não ter acompanhado o famoso, que vai fazer uma turnê por lá. “Calma, gente! Não deram os vistos dos meninos. Aí a mãe vai ficar com eles para o pai ir trabalhar. Nada demais“, justificou a influencer.

Vale lembrar que Gusttavo vai aproveitar a passagem pelos Estados Unidos para gravar um DVD, intitulado de O Embaixador Tour USA 2021. O músico vai se apresentar em Orlando no dia 6 de agosto e em Miami, no dia 7. Em seguida, ele parte para Atlanta, Newark e Boston, onde grava o novo projeto.

Em meio às novas conquistas profissionais, Gusttavo ainda teve uma decisão judicial a seu favor recentemente, em um processo que o empresário Rafael Carvalho pedia uma multa de R$ 10 milhões.

De acordo com Leo Dias, o rapaz alega que foi afastado das suas funções, em março daquele ano, sem qualquer justificativa. Desde então, Carvalho teria deixado de receber o que lhe caberia por contrato. Segundo os advogados do sertanejo, Rafael nunca foi empresário de Gusttavo.

A Assessoria Jurídica do Cantor Gustavo Lima, por intermédio de seu advogado Cláudio Bessas e do advogado Pedro Scudellari Filho, da PBSV Advogados, que atuaram no caso, confirmam a improcedência do pedido feito por Rafael Carvalho na ação que move contra o cantor sertanejo, que tramita em segredo de justiça”, disse nota enviado ao jornalista.

O pedido da ação versava sobre o pagamento de uma multa milionária de 10 milhões de reais e foi julgado improcedente, condenando ainda o autor Rafael Carvalho ao pagamento de custas processuais e honorários de 10% em favor da banca do artista. O processo iniciou em 2013 e foi sentenciado no último dia 22 deste mês. A decisão fez justiça ao caso, posto que Rafael Carvalho jamais foi empresário do artista”, completou.

Ao G1, o advogado Maurício Vieira, que representa a outra parte da ação, afirmou que irá recorrer da decisão. “É uma decisão provisória, na qual houve apenas uma sentença de primeiro grau de jurisdição, a qual não se coaduna com toda a vasta prova documental e produzida nos autos, e será objeto de recurso”, pontuou.

No processo, a defesa do empresário argumentou que, por contrato, Rafael teria direito a 6,69% de tudo que Gusttavo arrecadasse, seja em shows ou em publicidade, mas que não recebeu a multa pela rescisão e nem os valores correspondentes à sua parte.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›