Haja Coração bate recorde negativo pela 2ª semana consecutiva

Haja Coração
Mariana Ximenes (Tancinha) em Haja Coração; edição especial veiculada pela Globo às 19h repete recorde negativo na média semanal (Imagem: Reprodução / Globo)

A edição especial de Haja Coração (2016), na Globo, repetiu sua pior média de audiência considerando seis capítulos – uma semana de exibição; no caso, de 30 de novembro a 5 de dezembro. Dados obtidos na Grande São Paulo mostram que a reprise da novela de Daniel Ortiz, considerando os 48 capítulos exibidos até o último sábado (5), está abaixo de três antecessoras.

Com os atritos entre Tancinha (Mariana Ximenes) e Apolo (Malvino Salvador), causados, quase sempre, por Beto (João Baldasserini), Haja Coração atingiu 24,3 pontos na semana passada. A trama acumula 25,3 de média parcial, atrás da reapresentação de Totalmente Demais (28,6), da primeira fase de Salve-se Quem Puder (28,6) e de Bom Sucesso (29,7). Na exibição original, levando em conta os mesmos 48 capítulos, Haja Coração anotou 26,8 pontos.

Laços de Família (2000) deu ao Vale a Pena Ver de Novo, entre 30 de novembro e 4 de dezembro, 17,4 de média. Os 65 capítulos do folhetim de Manoel Carlos veiculados pela faixa até aqui garantiram 18,4 pontos – segundo melhor número da década, atrás apenas dos 20,4 da antecessora Êta Mundo Bom (2016). Na semana passada, Malhação – Viva a Diferença (2017) também anotou 17,4 – 19 de média parcial, atrás somente da exibição original da temporada, com 20,6.

Flor do Caribe (2013), às 18h, marcou 20 pontos com os seis capítulos veiculados entre 30 de novembro e 5 de dezembro. Até o momento, a média parcial da produção assinada por Walther Negrão gira em torno de 20,5 – acima dos 18,8 de Novo Mundo (2017) e dos 20,1 de Éramos Seis (2019). A Força do Querer (2017) garantiu 28,7 pontos. O acumulado de 66 capítulos registrou 29,1 de média – a pior desde O Sétimo Guardião (2018), com 27,5.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›