Humberto Carrão rasga o verbo, detona Bolsonaro e o chama de “torturador”

Humberto Carrão
Humberto Carrão comentou sobre atitudes de Bolsonaro (Imagem: Divulgação / Globo)

Humberto Carrão voltou a se posicionar politicamente. O ator, que está no ar como protagonista de Todas as Flores, do Globoplay, expressou o seu apoio a favor do candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições deste ano.

O comentário do famoso ocorreu durante a festa de lançamento do folhetim original do streaming da Globo, nesta segunda-feira (24). Ao Splash, o galã destacou que está ansioso pelo resultado das eleições deste ano.

O segundo turno, cabe lembrar, será neste domingo (30). Lula disputa a presidência da República com o presidente Jair Bolsonaro (PL). Humberto garantiu que está feliz por ver a população engajada em, segundo ele, votar para defender a democracia no Brasil.

“Fico assustado que muita gente não tá entendendo o que a gente tá vivendo. Não se trata de gostar de um candidato ou não. É um plebiscito para que a gente continue num lugar democrático ou não. Vai precisar de muito tempo pra reconstruir esse país”, desabafou.

Humberto Carrão também comentou que os brasileiros precisam conhecer a sua história para ter cada vez mais consciência em quem vai votar. Ele aproveitou e atacou Bolsonaro.

“São pessoas passando fome, são jornalistas atacados, são artistas atacados. Então, a gente precisa, urgentemente, que esse país volte a ser um lugar de luz, de cultura, de amor, de história”, disparou.

O ator afirmou que atualmente o país passa por um momento em que a Cinemateca pega fogo e que o Museu Nacional pega fogo. “A gente precisa, urgentemente, se conectar e sentar a bunda e entender a nossa história pra que nunca mais a gente eleja um torturador presidente da República”, completou.

Humberto Carrão fala sobre a política brasileira

Atento ao noticiário, ele comentou também a respeito do caso do ex-deputado Roberto Jefferson, que foi preso no último final de semana, e o plano do Ministro da Economia, Paulo Guedes, de desvincular o salário mínimo da inflação.

Na entrevista, Humberto destacou que acredita que as situações foram tiros do atual presidente que saíram pela culatra. Para ele, a campanha do candidato do PL tentou criar um factoide, mas isso não deu certo.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.