Humorista Yuri Marçal revela resposta enviada ao Carrefour após convite inesperado

Yuri Marçal
Yuri Marçal reage após pedido de mercado (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Yuri Marçal revelou na última quarta-feira (25) um convite feito pelo departamento comercial do Carrefour para uma campanha de publicidade em meio à crise enfrentada pela multinacional após a morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, em uma loja do supermercado, em Porto Alegre.

No Twitter, o humorista contou que a proposta foi feita via e-mail e, em resposta, mandou a empresa tomar naquele lugar. “[O] Carrefour acabou de entrar em contato comigo pra fazer uma publicidade, uma nota de esclarecimento. Primeira vez que eu respondo um e-mail mandando tomar no c*”, disparou.

João Alberto, homem negro, foi espancado até a morte na quinta-feira passada por um segurança do Carrefour. O assassinato ocorreu às vésperas do feriado da Consciência Negra.

A vítima teria discutido com a caixa do mercado e foi levado pelo segurança da loja até o estacionamento, no andar inferior. Um cliente, policial militar, acompanhou os dois. No local, a vítima foi espancada até a morte.

Em nota, a rede de supermercados disse que “entrará com uma queixa-crime contra os responsáveis” e que “romperá o contrato com a empresa que responde pelos seguranças que cometeram a agressão”.

“Estamos profundamente consternados com tudo que aconteceu e acompanharemos os desdobramentos do caso, oferecendo todo suporte para as autoridades locais”, concluiu o comunicado.

Confira:

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›