Império amarga pior semana de estreia desde A Lei do Amor

Império
Alexandre Nero (José Alfredo) em Império; edição especial derrapa na audiência (Imagem: Reprodução / Globo)

A edição especial de Império começou mal no quesito audiência. Dados obtidos na Grande São Paulo mostram que a novela de Aguinaldo Silva, exibida originalmente em 2014, registrou o pior desempenho da faixa das 21h desde os seis primeiros capítulos de A Lei do Amor (2016). Outras três tramas da Globo esboçaram reação nos índices na última semana.

Império alcançou 28,4 pontos de média semanal, de 12 a 17 de abril. A Lei do Amor, entre 3 e 8 de outubro de 2016, amealhou 27,7. O resultado é semelhante ao de A Força do Querer (2017), que, por ocasião de sua reapresentação, ano passado, anotou 28,5. Fina Estampa (2011), do mesmo Aguinaldo, deu início às edições especiais com 34,4.

Os primeiros capítulos de Império destacam a juventude de José Alfredo (então vivido por Chay Suede). Após uma desilusão amorosa, o rapaz passa a se dedicar à extração de diamantes no Monte Roraima. Anos depois, então milionário, o Comendador Zé Alfredo (interpretado por Alexandre Nero) enfrenta problemas no casamento com Maria Marta (Lilia Cabral) e os filhos. Ainda, o surgimento de uma nova herdeira, Cristina (Leandra Leal), fruto do romance do passado.

As outras reprises da Globo se saíram bem nos últimos dias. Tititi (2010), no ar em Vale a Pena Ver de Novo, manteve 15,1 pontos – o que indica estabilidade, após a queda da primeira para a segunda semana (de 18,5 para 15,1). Malhação – Sonhos (2014) esboçou reação, saindo de 15,7 para 15,9.

A Vida da Gente (2011), que focalizou a aproximação dos protagonistas Manuela (Marjorie Estiano) e Rodrigo (Rafael Cardoso), foi de 19,1 para 19,6. Apenas Salve-se Quem Puder caiu. O compacto da primeira fase do folhetim amargou recorde negativo de média semanal, com 24,6 ante 29,3 dos capítulos anteriores.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›