Incertezas sobre os Jogos Olímpicos de Tóquio deixam TVs apreensivas

Jogos Olímpicos de Tóquio
Emissoras estão preocupadas com indefinição dos Jogos Olímpicos de Tóquio (Imagem: Divulgação / Globo)

A pouco menos de três meses da realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio ainda há incertezas se será realmente possível que a competição aconteça no Japão, em razão da pandemia do novo coronavírus. Isso pode começar a preocupar as TVs que estão se planejando para conseguir transmitir o evento para o Brasil.

Segundo o colunista Flávio Ricco, o Grupo Globo e o canal BandSports têm tentado se planejar, mesmo sabendo dos aumentos nos números de casos de pessoas infectadas com Covid-19 no país.

Por se tratar de um evento de grande porte, é necessário que as TVs consigam executar todo o processo com mais eficiência possível, o que está sendo difícil de acontecer já que as incertezas impossibilitam um planejamento definitivo.

O governo japonês decretou na última sexta-feira (23) um novo estado de emergência em Tóquio e em outras três regiões devido ao aumento desenfreado dos novos casos de coronavírus.

Hoje decidimos declarar um estado de emergência nos departamentos de Tóquio, Kioto, Osaka e Hyogo“, anunciou o primeiro-ministro Yoshihide Suga à imprensa, mencionando o aumento de contágios devido às novas variantes do vírus.

Diferente do último estado de emergência, que exigia apenas que os estabelecimentos reduzissem seus horários de abertura, desta vez devem fechar os comércios que vendem álcool, lojas de departamento e alguns shopping centers.

O estado de emergência entrou em vigor no domingo (25) e vai durar pelo menos até o dia 11 de maio. Até o momento, as autoridades afirmam que as medidas de emergência não irão impactar na organização dos Jogos Olímpicos.

Ao todo, a Globo pretende utilizar 102 profissionais para as 200 horas de transmissão na TV aberta e nos oito canais do SporTV.

Segundo o colunista, a indefinição ainda gira em torno da equipe do BandSports. O que se sabe é que Glenda Kozlowski, Elia Jr. e alguns repórteres estão confirmados em Tóquio.

Para a cobertura, o canal já tem garantidas as presenças de Marcelo Negrão, das irmãs Bia e Branca Feres, de Ricardo Prado, Henrique Guimarães e Fofão. Porém, todos trabalharão daqui do Brasil.

Além disso, a direção da Band está buscando um estúdio, na região do Japão, para transmitir alguns dos seus programas. Inclusive, o Show do Esporte, nos domingos, ao vivo.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›