Internado em estado grave, Paulo Gustavo responde bem a tratamento

Paulo Gustavo
Paulo Gustavo segue internado com covid-19 em hospital (Imagem: Divulgação/ Globo)

Paulo Gustavo segue internado em estado grave, mas tem apresentado melhora. O novo boletim médico do ator, que foi divulgado na tarde desta segunda-feira (19), revelou que ele tem respondido bem a tratamento contra as complicações da covid-19.

“Felizmente, não surgiram novas complicações nos últimos quatro dias. O quadro clínico do paciente, embora ainda preocupante, é de estabilidade, com alguns sinais mais evidentes de recuperação das funções pulmonares”, afirmou a assessoria de imprensa do artista.

Sem dar detalhes, a equipe do humorista também declarou: “Também verificamos boa responsividade aos pequenos estímulos”. O documento disse ainda que há necessidade de uso do ECMO (terapia de oxigenação por membrana extracorpórea), assim como a ventilação mecânica.

A família de Paulo Gustavo aproveitou e novamente agradeceu o carinho e as orações destinadas ao ator e pediu “que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus”.

O famoso segue internado desde o dia 13 de março. Na última quinta-feira (15), a equipe médica revelou em boletim médico que se mostrava otimista com a melhora do ator já que ele não apresentava mais hemorragias.

Enquanto está internado, o nome de Paulo acabou envolvido em uma polêmica. Isso porque o pastor José Olímpio, da Assembleia de Deus de Alagoas, soltou uma declaração desejando a morte do humorista. O ator é casado e tem dois filhos com o dermatologista Thales Bretas.

“Esse é o ator Paulo Gustavo que alguns estão pedindo oração e reza. E você vai orar ou rezar? Eu oro para que o dono dele o leve para junto de si”, escreveu o pastor, que, após a repercussão negativa, apagou sua conta.

Agora ele pode ser processado por entidades que lutam pelos direitos LGBTQIA+. Através de um manifesto, diversas organizações caracterizaram a declaração como homofobia e pediram que “crimes como estes sejam enquadrados da tipificação da LGBTfobia, na lei de combate ao racismo de n. 7.716/2018, e que punições mais rigorosas e severas sejam tomadas contra condutas homofóbicas e atos discriminatórios como o em questão“.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›