Investigações contra a Globo viram assunto em disputa do Cade

Globo
Globo tem sido investigada pelo Cade por suposta prática de contratos de exclusividade (Imagem: Divulgação / Globo)

A Globo apareceu no meio de uma disputa interna de poder no governo de Jair Bolsonaro (sem partido) em troca de dois cobiçados cargos no Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), a presidência e a superintendência-geral (SG).

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a emissora está sendo investigada por supostas práticas anticompetitivas. Com a escolha dos novos nomes, os processos contra o canal carioca não devem prosperar, segundo pessoas que acompanham os casos.

Órgão que defende a livre concorrência no país, o Cade conta com duas áreas: a SG, porta de entrada para todos os processos e denúncias, e o conselho, formado por sete integrantes que julgam e definem punições aos casos enviados pela SG.

No Cade, os indicados têm mandato de quatro anos. Por isso, a presidência do colegiado ficou vaga no final de junho, com o fim do mandato de Alexandre Barreto.

Ainda segundo a publicação, o Governo Bolsonaro, então, decidiu trocar Alexandre Cordeiro de Macedo, que comandava a SG, para assumir a presidência na última segunda-feira (12). Já Barreto foi indicado para a chefia da SG e ainda aguarda a sabatina do Senado.

Cabe lembrar que, no fim de 2020, a Globo foi impedida de exigir exclusividade em contratos de publicidade ao vincular as agências por meio da concessão de grandes descontos. Na época, a atitude foi tomada por Macedo, então superintendente-geral do conselho.

Em comunicado, a emissora declarou à publicação que não tem exclusividade em contratos. “Nossos planos de incentivo não têm exclusividade e o Cade nunca afirmou que tinham”, pontuou.

“Importante destacar que planos de incentivo são práticas comuns e disseminadas há décadas, amplamente praticadas por diferentes players do mercado, como reconhecido pelo Cade, inclusive pelas grandes plataformas digitais, que já concentram significativa participação no mercado publicitário, e por grandes empresas jornalísticas, como a Folha de S.Paulo”, disse a empresa.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›