Irmão de Cauã Reymond abre o jogo sobre história de adoção da mãe

Cauã Reymond
Pável Reymond, irmão de Cauã Reymond, aparecerá outra vez em Um Lugar ao Sol (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Pável Reymond, irmão de Cauã Reymond, que fez o dublê do protagonista em Um Lugar ao Sol, abriu o coração e falou sobre o fato de Denise Reymond, sua mãe e também do ator, ter sido adotada na infância.

“Nós já sabíamos que nossa mãe era adotada. Na verdade, ela (que morreu vítima de um câncer, em 2019) sempre passou bastante tempo tentando compreender como se deu esse processo. Com o passado do tempo, tivemos algumas respostas“, explicou ele, em conversa com a coluna de Patrícia Kogut.

Quando li o roteiro pela primeira vez, vi que a novela tinha o tema da adoção muito forte. E a da nossa mãe foi semelhante à da história, no sentido de não ter sido com aquelas burocracia oficiais. Na época, para ela, (ter sido adotada por uma nova família) foi uma questão de sobrevivência porque ela era desnutrida, passava dificuldades”, relatou.

Irmão de Cauã Reymond voltará a aparecer em Um Lugar ao Sol

Pável, que surgiu irreconhecível na primeira parte da novela, entrará em cena outra vez para fazer uma cena em que Christian e Renato brigam.

No início, o encontro dos dois irmãos me deixou ansioso para ver a pós-produção. Achei o máximo o trabalho de toda a equipe com esse material. Fazer nos estúdios traz a expectativa de como vai ficar na televisão“, contou.

“Tivemos uma semana e meia de gravação, principalmente no cenário onde era o apartamento do Renato. As cenas foram bastante trabalhosas. Tinha uma questão de repetir a cena na mesma cronometragem para que quando eles fizessem a reposição de imagem ficasse tudo sincronizado”, completou.

E esse não foi o único papel do irmão de Cauã Reymond na trama. “Apareci também como Josias (colega de Christian no estacionamento do aeroporto), mas esse não volta mais”, revelou.

No papo, Pável Reymond ainda falou sobre outro trabalho: o de streamer. “Nestes meses de quarentena, tivemos um boom de lives de Instagram. Para muita gente, foi uma alternativa aos momentos de reclusão. Eu mesmo consumi muitas dessas transmissões ao vivo. E como sempre tive contato com jogos eletrônicos, passei a fazer também”, disse.

Há mais de quinze anos eu curto e-sports. Vi que existe uma diversidade grande de conteúdo e identifiquei o que mais tinha a ver comigo. No meu canal, tento inserir, enquanto as transmissões são feitas, pensamentos e reflexões sobre fazer o bem”, contou o irmão do global, que ainda afirmou:

“Tentei não ser só um jogador que busca jogar bem, mas levar palavra e escuta para essas pessoas. Algumas delas passam por momentos de solidão, depressão… Nunca tive problema no canal com alguém que quisesse “causar”, nunca tive um momento complicado na minha live. Ali somos companhias uns para os outros”.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›