Isis Valverde reflete sobre amadurecimento: “Julgamento alheio não vai tirar a minha paz”

Isis Valverde
Isis Valverde postou foto enquanto fazia yoga e soltou o verbo na legenda da publicação (Imagem: Reprodução / Instagram)

Isis Valverde postou uma série de fotos durante seu treino de yoga em seu perfil do Instagram. Na imagem, a atriz aparece deitada em um tapete enquanto se equilibrava sobre seu corpo.

Ao legendar a publicação, a famosa optou por usar um texto do escritor Edgard Abbehusen, fazendo uma reflexão sobre amadurecimento:

“Tem situações que é melhor deixar pra lá. Entregar nas mãos das voltas do mundo. Amadurecer me ensinou a valorizar a minha paz. Eu sei por onde eu vou e das cicatrizes que eu carrego no peito. Eu sei o quanto lutei por tudo o que tenho”.

E sobre as cobras e lagartos que eu encontro vez ou outra, que levem com eles o lixo tóxico que carregam. Enquanto eu souber o que eu sou, o julgamento alheio não vai tirar a minha paz”, completou.

Em recente entrevista ao Conversa com Bial, da Globo, Isis revelou que passou por momentos difíceis após o nascimento de seu filho, Rael, de dois anos. A atriz contou que teve depressão e precisou procurar ajudar.

“Tive depressão pós-parto. Tive que fazer análise, eu chorava à toa. Não entendia o porquê, eu tive tristeza profunda, eu tive vontade de sumir, vontade de ir embora, umas vontades muito loucas”, declarou.

A artista seguiu: “Tem esse umbral da maternidade, muita gente não fala sobre porque tem vergonha, porque se acha péssima mãe, quer se colocar naquele lugar da mãe socialmente aceita”.

Isis Valverde ainda falou sobre o grave acidente de carro que sofreu em 2014, quando fraturou a coluna. “Minha mãe virou para mim e falou assim: ‘Minha filha, você mudou tanto. Você era tão impulsiva’”, declarou.

Eu percebo nitidamente, olhando no espelho, que eu mudei, acho que a maternidade é uma coisa que eu consigo olhar no espelho e falar eu mudei, mas o acidente em si não consigo ver exatamente o que foi que mudou, mas eu sinto que mudou, na calma, na respiração, no tempo de elaboração das coisas”, comentou.

A atriz também contou sobre como foi interpretar uma enfermeira contaminada pela Covid-19 na reta final de Amor de Mãe, enquanto possuía um tio-avô internado pela doença.

Na hora que eu entrei no personagem, eu me arrepiei. As gravações nesse cenário para mim foram muito intensas, além de toda a situação que passei em 2020 de perdas e ter que lidar com isso de uma forma rápida […] Um dia o meu tio avô entrou para o respirador e eu estava em cena, eu tinha que salvar um cara com uma parada cardíaca”, comentou.

Segurando as lágrimas, Isis acrescentou: “Esse dia, vou te falar, cara, eu não sei se era a Betina, se era a Isis”. “Eu chorei todas as dores de 2020 ali mais as de 2021”, confessou.

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›