Jean Wyllys
Jean Wyllys se manifestou após relembrar cuspida em Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Globo)

Jean Wyllys concedeu uma entrevista ao “Conversa com Bial”. Pedro Bial viajou até a Espanha para conversar com o ex-deputado federal e ex-BBB. Visivelmente abatido pelos ataques sofridos, ele relembrou a famosa cena em que cuspiu em Jair Bolsonaro.

Sobre a cuspida durante a votação da Câmara para a admissibilidade do impeachment de Dilma Rousseff, ele declarou: “Eu não me arrependo de nada, eu tenho orgulho”. Jean afirmou ainda que entrou em uma espécie de transe na situação.

“Naquele momento, naquela hora, foi a reação que eu tive. Era um acúmulo de tudo… de anos de assédio moral, de violência contra mim, de xingamentos sem que as pessoas reagissem, de uma naturalização daquela violência que ele praticava, de ele tratar minha homossexualidade como um meio de me difamar”, desabafou.

Wyllys entendeu que teve a sua dose de responsabilidade na vitória de Bolsonaro. “Eu sabia porque eu fui o laboratório para tudo que Jair Bolsonaro fez depois. Eu fui a cobaia e a escada que ele utilizou. Até eu chegar no parlamento, ele era um político paroquial, conhecido no Rio de Janeiro, desqualificado, do baixo clero”, lembrou.

O ex-BBB garantiu que não fez autocrítica sobre os seus mandatos. “Nessa relação de política, eu não tenho autocrítica, porque eu dei o melhor de mim. Talvez as pessoas gostassem que eu fosse mais dócil, que eu reivindicasse menos, que no parlamento eu fosse docilizado, um gay gente boa, que não oferecesse perigo ao sistema, que não reivindicasse a igualdade plena entre héteros e gays. Só que eu ousei fazer isso”, afirmou.

Band fura a Globo e exibe entrevista com Sergio Moro antes de Bial

A Globo esperava um bom resultado com a estreia da nova temporada do “Conversa com Bial”, que estreou com uma entrevista com o juiz Sergio Moro. O que a emissora não contava era uma de suas concorrentes sair na frente e entrevistar o Ministro da Justiça e Segurança Pública primeiro.

José Luiz Datena saiu na frente e entrevistou, horas antes, o ministro mais bem avaliado do governo Bolsonaro. A Globo havia feito a entrevista no último dia 5 e a engavetou para a estreia da segunda temporada do talk show de Bial, quatro dias depois.

Um trecho da entrevista de Sergio na Globo chegou a ser veiculada. Foram pouco mais de dois minutos de conversa para chamar o telespectador para o lançamento da nova temporada do “Conversa”.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!