Jô Soares revela porre aos 9 anos e cena emocionante com Silvio Santos

Jô Soares
Jô Soares conta porre aos 9 anos (Imagem: Reprodução / Record TV)

Jô Soares deu detalhes da sua vida íntima em entrevista ao amigo Fábio Porchat na noite da última quinta-feira (29), e revelou detalhes de um porre que tomou quando só tinha 9 anos.

Ele lembrou que foi tudo por causa de duas taças de champanhe. “O porre da minha vida foi quando tinha 9 anos. Meu pai ia me levar pra casa, a escola me deixou no Jockey Club. Fiquei no bar esperando papai, quando ele chegou, falei: ‘quero experimentar champanhe’. Ele disse ‘ah, é?’ e me deu duas taças”, contou.

Fiquei num porre, vomitei a noite toda. Daí em diante nunca tive atração. Tomo uísque, vodca, mas não para ficar bêbado“, compartilhou Jô.

O humorista contou ainda que já chegou a ter 400 contatinhos na época de solteiro. “Fui casado com a Sylvia, de repente fiquei dois anos avulso, aí saía cada dia com uma pessoa e não tinha como lembrar dos nomes. Então, na minha agenda, estava tudo na letra M de ‘moças’. De repente 400 nomes ali, uns 300“, disse ele.

Jô foi casado três vezes: com as atrizes Teresa Austregésilo e Silvia Bandeira e a publicitária Flávia Junqueira.

Ele também lembrou da sua passagem pelo SBT e da total liberdade que tinha para a produção do “Jô Soares Onze e Meia”.

Se você começar a se censurar, de uma certa forma é uma autocensura. Tem que fazer e correr o risco de falar algo que desagrade a pessoa. Tinha o tema, a gente ia embora. Eu não me preparava, queria ser pego de surpresa. Minha equipe tinha muito senso de humor e pensava parecido com o que eu já fazia, havia uma afinação muito grande, então era fácil. Quem você possa imaginar eu entrevistei“, afirmou a Porchat.

Em um momento emocionante da carreira, ele lembrou um bate-papo com Silvio Santos em seu último programa no SBT. “Silvio foi gentilíssimo e fez um programa de despedida em minha homenagem. E com o microfone aberto, disse: ‘saudades. Quando quiser, você volta, mas acho que não terá problema’. Falei: ‘porque você também não volta [pra Globo]?’. E tudo isso foi para o ar“.

Por falar em talk show, Jô aprova a diversidade de programas do gênero na TV. “Acho ótimo que tenham muitos. Não existe maior atração no mundo que o bate papo, que duas pessoas conversando. É uma forma de voyeurismo, ficar sentado vendo os outros falando“.

Ele ainda brinca ao falar da idade. “Acho que vou envelhecer um dia. Estou com 80 anos e não consigo me sentir mais velho, só mais doído. Interfere no fôlego, faço remo e bicicleta sempre“. E ainda fez uma declaração inusitada sobre a morte. “Não tenho medo. Gosto muito de ter morte súbita, que aí acabou, tchau“, brincou.

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.