Kajuru
Jorge Kajuru detonou Alexandre Frota em rede social (Imagem: Reprodução / YouTube)

O senador Jorge Kajuru, do Cidadania de Goiás, não segurou a língua e mostrou toda a sua revolta pelos últimos ataques do deputado federal Alexandre Frota (PSDB) contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e seus filhos.

Em um dos momentos recentes mais polêmicos de Brasília, Eduardo Bolsonaro e Frota bateram boca e trocaram insultos durante a primeira sessão da CPMI das Fake News, na quarta-feira (30). O momento constrangedor viralizou na web. Na última quinta-feira (31), Kajuru pediu paz para Bolsonaro.

“Como eu vou continuar nesse nível, onde devemos reconhecer que as ‘primas’ são mais éticas!”, disparou o político na legenda de sua publicação no Instagram, fazendo referência às garotas de programa e o nível de discussão dos parlamentares.

Em seguida, Kajuru pediu para que deixassem o presidente trabalhar. “Que vontade de ir embora. O Brasil quer crescer, deixem Bolsonaro em paz”, declarou.

Alexandre Frota abriu os trabalhos da chamada CPI das Fake News. O filho do presidente tomou a palavra e proferiu críticas e alfinetadas ao parlamentar expulso do PSL.

No meio da discussão veio à tona os filmes adultos feitos por Alexandre. O momento sério virou motivo de gargalhada entre os congressistas.

Alexandre Frota vai revelar tudo sobre Jair Bolsonaro

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), ex-PSL, não pretende esconder o que sabe sobre o presidente da República Jair Bolsonaro. O parlamentar, expulso em agosto da legenda do “capitão”, contará tudo o que sabe sobre ele na CPI das Fake News.

Ao jornalista tales Faria, do UOL, o ex-ator confirmou que irá na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News e contará que a campanha do atual governo trabalhou com uma milícia digital.

“Vou falar toda a verdade do que vi e ouvi nesses anos todos”, garantiu o deputado. “Principalmente na época das eleições. Vivi intensamente esse processo todo da eleição do Bolsonaro. Essa milícia digital é conhecidíssima. Acho que vou poder ajudar bastante, esclarecer muita coisa”, declarou Alexandre.

Há pouco, Frota afirmou que os milicianos ocupam cargos dentro do governo “fingindo que são assessores parlamentares, mas não são”“Covardes que atacam quem não aceita fazer parte da seita bolsonarista e olavista”, continuou.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos