Jornalista da GloboNews vira alvo de bolsonaristas após fala polêmica

GloboNews
Na GloboNews, Eliane Cantanhêde causou polêmica no Em Pauta (Imagem: Reprodução / GloboNews)

Eliane Cantanhêde virou alvo de uma campanha intensa de bolsonaristas após sua participação no Em Pauta, da GloboNews, na última quarta-feira (19). A jornalista opinou sobre o atentado sofrido pelo senador Cid Gomes (PDT-CE), durante um protesto no Ceará.

Em sua fala, Eliane mencionou o presidente da República Jair Bolsonaro. Antes, a global relativizou e disse que “todos em Brasília estavam considerando é que, primeiro, Ciro Gomes e seu irmão Cid Gomes fazem política na base da beligerância”.

Ela acrescentou que “do outro lado, você tem Bolsonaro empoderando as polícias. Toda hora você vê que tem confronto policial, o presidente elogia a polícia e não dá uma palavra sobre as vítimas da polícia”. Na web, internautas pró-Bolsonaro subiram a campanha #CalaABocaCatanhede.

Contra um grupo de policiais militares grevistas que estava acampado em frente ao quartel da polícia de Sobral (CE), Cid Gomes subiu em uma retroescavadeira e tentou derrubar o portão que dividia os manifestantes do grupo comandado pelo senador.

Um dos grevistas próximos ao portão sacou uma arma e deu dois tiros em direção ao político, que foi atingido. Levado ao hospital com a roupa ensanguentada, o irmão de Ciro Gomes (PDT-CE) se recupera em Fortaleza.

Confira a repercussão na web: