José de Abreu diz que Mario Frias mama na teta do governo após viagem a Roma

José de Abreu
José de Abreu ataca Mario Frias após viagem à Roma (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

José de Abreu devolveu a Mario Frias, atual secretário especial de Cultura, uma frase que há anos virou sinônimo de munição para a direita contra a classe cultural. Após uma viagem à Itália feita por integrantes do governo ser divulgada na imprensa, o ator partiu para o ataque.

O jornal O Globo produziu uma matéria sobre a visita que Mario Frias e Gilson Machado, ministro do Turismo, fizeram à Roma. “Comitiva em Roma excede regra sanitária e data de evento”, expôs no título.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) autorizou a ida de sua equipe para a reunião do G-20. Apenas três convidados estavam previstos para evitar aglomeração, mas o governo brasileiro enviou Mario, Gilson e mais quatro pessoas.

“E nós artistas que gostamos de mamata, né, canalhas? O pessoal da Cultura faz turismo em Roma com nosso dinheiro”, disparou José de Abreu no Instagram.

A web ficou abismada com a regra quebrada pelos governistas. “Será que nunca irão fazer apenas 1 coisa certa. Não é possível que não conseguem seguir nenhuma regra em nada. Não respeitam nada”, reclamou um seguidor do artista.

“Não adianta… Eles não têm limites. Simplesmente sem limites!”, esbravejou outra. “É muita mediocridade para um governo só. E uma ótima revelação da ‘competência’ militar”, apontou uma terceira.

“Que fria! Gastar dinheiro público com o cara que quer assassinar a nossa cultura. Ainda por cima mais dois dias de folga zanzando pela Itália as custas do erário público. Não merece!”, condenou mais um.

Mario Frias causou polêmica com um encontro dispensável na última semana. Ele apareceu ao lado da deputada Beatrix Von Storch. Ela é vice-líder da sigla populista AfD (Alternativa para a Alemanha) e neta de Lutz Graf Schwerin Von Krosigk, ministro das Finanças de Adolf Hitler na Alemanha nazista.

De acordo com o Metrópoles, o encontro teve a presença do secretário de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual, Felipe Carmona, e do deputado Gil Diniz, expulso do PSL por ter participado de atos antidemocráticos.

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›