Juliana Paes pede respeito a Nise Yamaguchi após CPI da Covid

Juliana Paes
Juliana Paes reage contra senadores após depoimento de Nise Yamaguchi (Imagem: Reprodução / GNT)

Juliana Paes saiu em defesa da doutora Nise Yamaguchi, que prestou depoimento na última terça-feira (1º) na CPI da Pandemia. Para a atriz da Globo, a profissional da saúde foi alvo de ataques polêmicos de senadores pelo fato dela ser mulher.

“Show de horror e boçalidades na CPI da Covid. Certa ou errada, não importa! Intimidação, coação… Fala interrompida… Mulher merece respeito em qualquer ambiente”, desabafou a artista no stories do Instagram.

A atitude da famosa na rede social provocou reações de internautas. “A Juliana Paes nem esquerda, nem de direita, para frente, defendeu a médica bolsonarista que queria mudar a bula da cloroquina para ser usada contra a Covid, mesmo sem qualquer estudo científico que comprove sua eficácia. Essa médica inclusive desaconselhava o povo a se vacinar”, afirmou um.

“A Juliana pães tá acompanhando a CPI sempre ou só resolveu se meter aleatoriamente agora?”, questionou outra. “Engraçado, não lembro de Juliana se indignar com o show de misoginia que foi o interrogatório da Dilma. Só vale quando é para defender genocida?”, questionou um terceiro.

“Onde estava a sororidade de Juliana quando a presidenta Dilma Rousseff era alvo de ataques machistas?”, perguntou mais um. O assunto se tornou uma das principais pautas de discussões no Twitter.

Em resposta aos ataques, Juliana Paes esclareceu: “Eu não sou bolsominion, como adoram acreditar. enho críticas severas a este que nos governa, mas tampouco quero que a oposição que está presente no momento assuma o governo. Eu estou em um ambiente em que não me sinto representada por ninguém”.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›