Juliana Paes se torna a atriz mais comentada na estreia de Pantanal

Juliana Paes
Juliana Paes interpreta Maria Marruá no remake de Pantanal (Imagem: Divulgação / Globo)

Na noite da última segunda-feira (28), a Globo estreou o remake de Pantanal e roubou a cena na audiência da TV e na repercussão nas redes sociais. Logo de cara, Juliana Paes dominou o ranking como a atriz mais comentada da trama.

A obra de Benedito Ruy Barbosa, sucesso dos anos 90, ganhou uma nova versão pelas mãos de seu neto, Bruno Luperi, em uma adaptação pensada desde 2019. Juliana Paes, intérprete de Maria Marruá, foi a atriz mais citada nas conversas do Twitter durante a exibição do primeiro capítulo.

Silvero Pereira, intérprete de Zaquieu, Mordomo da Mansão dos Novaes, na segunda fase, apareceu na sequência dos atores mais mencionados, com Renato Góes, responsável pelo personagem José Leôncio jovem, fechou o top 3.

Veja Também

A Globo aproveitou a estreia para realizar uma Watch Party no Twitter, liderada pelos atores Bruna Linzmeyer, a Madeleine da primeira fase da produção, e Silvero Pereira, que comentaram ao vivo a exibição do primeiro capítulo e os personagens da novela.

Juliana Paes recorda cena perigosa em Pantanal

A atriz entregou um momento nada tranquilo durante as gravações da primeira fase do folhetim. “Tive uma cena para gravar no rio e estava boiando na água, com isso, meus ouvidos estavam submersos e não escutava nada. Só ouvia a movimentação da água. De repente, percebi uma movimentação da equipe. Tinha gente correndo e gesticulando”, começou.

“Quando me dei conta, eles estavam assustados porque um jacaré estava se aproximando. Acho que esse foi meu maior perrengue. Quase levei uma mordidinha de jacaré (risos). Estar no Pantanal é ter muita história para contar, de situações inusitadas e perrengues”, admitiu.

“Acho que como muitos brasileiros da minha geração Pantanal está num lugar de memória afetiva. Eu lembro da posição do meu pai e da minha mãe na sala, do sofá”, explanou, em entrevista coletiva.

“Era uma atmosfera diferente na casa das pessoas. Acho importante investir nesta memória afetiva. Claro que para novas gerações será novidade, mas tem um público cativo que está emocionado de rever esta história”, expôs Juliana Paes.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›