Juliana Silveira
Juliana Silveira viveu Júlia Miranda em “Malhação” (Imagem: Munir Chatack / Record)

Quem vê o rostinho de Juliana Silveira não imagina que a atriz já carrega nas costas 20 anos de carreira e na segunda-feira (07) completou 38 anos. Em entrevista ao GShow, a artista falou um pouco sobre sua carreira e como tudo começou.

Na verdade, comecei a atuar por acaso. Eu era Angel, fui uma das Angelicats, assistente de palco da Angélica. Comecei a trabalhar muito jovem e aprendi muito. Foi um trabalho único, do qual levei amigas para a vida. Angélica sempre foi muito generosa como profissional e ela que me encaminhou para a carreira de atriz. Confio muito na inteligência e intuição dela. Ela é a irmã que eu não tive“, contou.

Juliana ainda lembrou de como foi fazer a protagonista Julia Miranda em “Malhação” em 2002. “Eu lembro da primeira cena, que era de sexo com o Pedro Brício. Estava bem nervosa, mas o diretor me ajudou muito e me senti respeitada. Ele tirou todo mundo do set, deixou apenas uma câmera na grua com um operador, além da minha mãe na boca de cena. O resto da equipe ficou fora do estúdio. Gravamos a cena de primeira“, relembrou.

Fase deliciosa. A lembrança mais forte era de alguém determinada e que fez de tudo para a personagem dar certo. O sucesso da nossa temporada foi resultado de várias pessoas“, disse.

Após anos na Record, Juliana Silveira deve voltar à Globo

Atriz de muitos trabalhos na Record, onde estreou em 2007, Juliana Silveira deve pintar na tela da Globo em breve.

Foi na Globo que Silveira migrou do entretenimento, após anos como “angeliquete” nos programas de Angélica do SBT e da emissora líder, através da série infanto-juvenil “Caça Talentos” (1996), também estrelada por Angel. Em 1998, fez sua primeira novela, “Pecado Capital”, às 18h.

Após participar de “Laços de Família” (2000) e protagonizar uma das temporadas de “Malhação” – “Múltipla Escolha” (2002), a atriz migrou para a Band, à frente do elenco de “Floribella” (2005). Na Record, atuou em “Chamas da Vida” (2008), “Balacobaco” (2012), “Vitória” (2014), “A Terra Prometida” (2016) e “Apocalipse” (2017).

Nas redes sociais, os fãs especulam o possível destino de Juliana Silveira na Globo. A expectativa é que ela integre o time de “Troia”, folhetim que marcará a estreia de Manoela Dias – de “Justiça” (2016) – às 21h, em maio do ano que vem. A produção contará com Cauã Reymond, Murilo Benício e Paolla Oliveira, dentre outros.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!