Juliette chora ao falar sobre peso da fama em documentário

Juliette
Juliette se emocionou em seu documentário ao falar sobre o sucesso após o BBB 2021 (Imagem: Reprodução / Globoplay)

A ex-BBB Juliette Freire abriu seu coração no novo episódio do seu documentário, Você Nunca Esteve Sozinha, disponibilizado nesta terça-feira (27) no Globoplay. Aos prantos, a vencedora do reality global falou sobre como tem sido lidar com a fama:

“Eu não sei se estou em um processo de bloqueio que a ficha caiu, fico analisando. Noto isso quando as pessoas falam de mim com estranhamento e deslumbre (…). ‘O que aconteceu com você é um case’, ‘isso nunca existiu’ (…) Quando elas falam, eu entendo que não quero me ver dessa forma”.

Fico com medo de falar a parecer que não estou feliz, que não estou satisfeita. Estou muito feliz e satisfeita. Sou capaz de passar tudo isso de novo por ver o que está acontecendo de positivo na vida de todo mundo, das pessoas sendo respeitadas. Mas eu sei que para isso perco um pouco de mim“, seguiu, completando:

“Não consigo ser amiga como eu era antes, não consigo ser filha como eu era antes. Não consigo ser irmã como eu era… Não consigo ser muita coisa que eu era antes. É um pouco angustiante. Tem uma equipe de muitas pessoas, e cada uma vai cobrar porque é o trabalho dela. O fotógrafo vai cobrar a foto legal, o vídeo vai cobrar um vídeo legal, o documentário vai cobrar um horário legal, a música, uma publicidade. Todo mundo tem o seu pedacinho [de mim]. Mas todos esses pedacinhos são tirados de mim. Esse é o peso de uma vida artística”.

Juliette ainda contou que não esperava que fosse sofrer uma mudança tão radical em sua vida após o programa e confessou que pensava que ganharia R$ 200 mil em prêmios e viraria uma subcelebridade.

Eu queria ser uma subcelebridade, fazer algumas publicidades e ser feliz para sempre. Continuaria trabalhando, estudando para concurso? Não cogitei a possibilidade, e se der muito certo?“, disse.

Amiga muito próxima da ex-sister e responsável por cuidar das redes sociais dela, Deborah Vidjinsky deu um depoimento revelando que precisou buscar ajuda de um profissional para saber como contaria para Juliette tudo o que aconteceu enquanto ela estava confinada:

“Nunca enxerguei Juliette como um produto porque ela era minha amiga. Não queria que ela fosse tratada assim, como um produto. Ela estava no auge do programa, e todo mundo queria como se fosse urubu na carniça”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›