Junno Andrade é alvo de processo por reconhecimento de paternidade

Junno Andrade
Junno Andrade foi citado em um processo aberto por um homem que diz ser seu filho (Imagem: Reprodução / Blad Meneghel)

Após não conseguir judicialmente fazer o teste de DNA com Junno Andrade para saber se era seu filho, o promotor de vendas Eduardo Tadeu Mattos de Oliveira, de 36 anos, resolveu entrar com uma ação de reconhecimento de paternidade contra o ator.

Segundo a coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, que inclusive noticiou a tentativa do exame em outubro de 2019, o processo corre 2ª Vara Especializada de Família e Sucessões de Cuiabá, e o esposo de Xuxa Meneghel foi citado há pouco tempo através de carta precatória enviada a São Paulo.

Na causa, o advogado de Oliveira afirma que seu cliente não tem dúvidas quanto a ser filho do famoso. Dessa forma, ele pede para que assim que a paternidade for comprovada, o nome do artista seja inserido na sua certidão de nascimento.

Além disso, Tadeu pede uma indenização por danos morais no valor de R$ 100 mil, alegando que a “conduta ilícita de Junno (de não realizar o DNA por vontade própria) vai além quando promove dentre os membros consanguíneos uma discriminação paternal, tendo os filhos próximos todo o reconhecimento e direitos vindos do exercício da paternidade, enquanto Eduardo foi afastado deste convívio”.

Entenda o caso

Em 2019, em conversa com a colunista, Mattos contou: “Ele e minha mãe, Isabel, namoraram um tempo, chegaram a morar juntos, mas eles brigaram e Junno foi embora para São Paulo. Nos conhecemos quando eu fiz 12 anos. Desde então ele sabe da minha existência”.

Na sequência, ele explicou que quem promoveu o encontro com Junno em São Paulo foi o seu avô: “Desde o início, a minha mãe era contra a nossa aproximação porque não queria que pensassem que a gente queria dinheiro. Eu só queria carinho do meu pai“.

Porém, a convivência entre os dois foi interrompida: “Quando eu fiz 15 anos, eles sumiram. Deixaram de me procurar. Eu ainda fui atrás, mas eles trocaram de telefone e endereço. Em 2011, com o Facebook, eu fui no perfil da Cleo Brandão (ex-esposa de Andrade) e achei minha avó e meus primos. Eles me bloquearam“.

“A minha mãe morreu e eu resolvi correr atrás do que eu mais quero na vida, que é ter o nome do meu pai nos meus documentos. Não quero dinheiro. Fiz contato com a produção da Xuxa, atual mulher dele, e fui ignorado. Insisti e aí fui bloqueado. A sensação que tenho é que querem que eu esqueça. Mas eu não vou esquecer. Eu quero fazer o exame de DNA“, disparou.

Na ocasião, Junno Andrade foi procurado e afirmou: “Eu não cheguei a namorar a Isabel. A gente ficava. Depois eu o conheci. Ele passou uns três dias lá em casa com a gente, mas tinha um comportamento estranho e eu mandei ele logo de volta para a casa da mãe dele“.

“Ele não se parece comigo. De qualquer forma, estou disposto da fazer o exame de DNA e resolver a questão. Se ficar comprovado que ele é meu filho, é claro que vou assumir“, completou.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›