Karol Conká revela ter sofrido assédio sexual e desabafa sobre a situação

Karol Conká
Karol Conká revela ter sofrido assédio sexual na adolescência (Imagem: Reprodução / Globoplay)

Karol Conká fez uma revelação pessoal durante participação no Encontro Com Fátima Bernades, na última quinta-feira (31). Na ocasião, a rapper e ex-BBB 2021 disse ter sofrido assédio sexual na adolescência.

“Eu já passei por isso também, acho que toda mulher já passou por isso. Tinha muito medo de pegar ônibus quando era adolescente e tentava maneiras de fugir do assédio. Lembro de ter me manifestado no ônibus, o assediador ficou com vergonha e disse que eu estava mentindo”, afirmou Karol.

“Outro homem viu, pediu para o motorista parar e aí ele fez… Enquanto eu, vítima, estava falando, não fui levada a sério. Ele foi retirado do ônibus com chutes”, relatou a famosa.

Veja Também

Karol deixou o BBB 2021 com uma alta taxa de rejeição, que foi de 99,17%. Na época, a cantora sofreu um grande cancelamento nas redes sociais.

Karol Conká explica suas atitudes no BBB

Em uma entrevista reveladora para Laís Moreira, no YouTube, a rapper falou sobre as suas atitudes no BBB. Karol disse ter TOC (transtorno obsessivo compulsivo) por arrumação.

Também, a ex-sister atribuiu às crises de TPM (tensão pré-menstrual), à falta de equilíbrio e à inteligência emocional para se comportar da maneira que se comportou no programa da Globo.

Ninguém mostra o que realmente é, sem exceção. Lá dentro é outra casa. Você acaba criando um personagem pra sobreviver àquela pressão. Lá não é férias. É um jogo, mesmo. Até no pay-per-view é possível manipular as cenas”, disse a entrevistada.

Terapia não é frescura. A gente só leva a sério quando tomba”, disparou Karol na ocasião. Na época em foi criticada, a rapper deixou de ver o que famosos, perfis de fofoca e sites falavam dela.

Outra lembrança difícil na vida de Conká é a morte do pai por conta do alcoolismo: “Eu percebi que estava muito amarga, muita gente me chamando de psicopata, falando pra eu ir me tratar. E foi isso que eu fiz. Percebi que tinha muita coisa mal resolvida, inclusive com meu pai”.

Eu não estava me aguentando, fui para a terapia, né? Eu queria ser outra pessoa, mudei o cabelo, queria ser outra pessoa, nada adiantava”, completou a artista.

Confira a entrevista:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Renan Ferreira
Renan Ferreira, 21 anos, é estudante de Jornalismo e repórter do RD1. Também já escreveu para outros sites sobre entretenimento e pode ser encontrado nas redes sociais no @eurenanferreira.
Veja mais ›