Kelly Key mostra inchaço no corpo e curativos após retirar pedra na vesícula

Kelly Key
Kelly Key mostra corpo após cirurgia de retirada de pedra na vesícula (Imagem: Reprodução / Instagram)

Kelly Key tranquilizou os fãs após surgir nas redes sociais falando sobre a cirurgia de emergência que fez para retirar uma pedra na vesícula. Através de um Stories no Instagram, a cantora exibiu os curativos na barriga e o inchaço na região.

Olha o tamanho! Podia ser um neném. Engraçado que minhas estrias agora estão bem evidentes. Quase não se via”, disse ela, que ainda contou que está sentindo bem no pós-operatório.

Estou sem enjoo e estou me alimentando normal. Comi arroz integral com frango cozido. Quando a gente faz essa cirurgia não pode comer crus durante pelo menos dez dias. Nem estou me medicando“, detalhou.

Logo após a loira ter realizado o procedimento, ela fez questão de contar aos fãs que tinha ocorrido tudo bem. A musa gravou um vídeo estilo boomerang e disparou: “Tudo certo e resolvido”. A descoberta do cálculo na vesícula aconteceu no início de março.

Recentemente, ela se abriu em seu canal do YouTube para falar sobre sua psoríase. A artista publicou um vídeo falando como descobrir o problema a ajudou a diagnosticar outras questões, como intolerância a glúten.

A psoríase me levou às outras descobertas. Meu caso agravou, as lesões ficaram muito maiores. Como elas foram aumentando ao longo desse processo, isso chamou nossa atenção. No início, eu já tinha uma dermatite seborreica na cabeça. Alguns fatores de estresse a aumentavam. Foi uma surpresa ainda por cima a psoríase ter agravado tanto. A partir dela a gente descobriu intolerância ao glúten, à lactose e a outros alimentos porque eles acabaram potencializando essa minha inflamação sistêmica”, disse.

Kelly também afirmou sofrer preconceito devido à psoríase, e que o transtorno, que se manifesta na pele, pode afetar sua saúde mental.

Quem passa pelo mesmo que eu sabe que é desesperador. A psoríase é desmotivante, leva a gente para lugares muito chatos e perigosos da gente ficar, como depressão. A gente sofre o preconceito das pessoas também porque acham que é contagioso“, desabafou.

Confira:

Kelly Key mostra pós-operatório de cirurgia (Imagem: Reprodução / Instagram)

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›