Lee Taylor
Lee Taylor interpreta o vilão Camilo em A Dona do Pedaço (Imagem: Divulgação / Globo)

Na pele do vilão Camilo em A Dona do Pedaço, Lee Taylor revelou, em entrevista ao site da jornalista Patrícia Kogut, que já chegou a receber até ameaças de morte por causa das maldades que o seu personagem tem armado para a esposa, Vivi Guedes (Paolla Oliveira). 

Desde o escândalo que Camilo fez no primeiro casamento, tenho recebido desde mensagens hilárias e até algumas ameaças de agressão e morte, caso ele continuasse com suas atitudes. Fiz uma seleção dos menos ofensivos e mais criativos e deixei em destaque no meu perfil do Instagram. O último, que me chamou mais atenção, desejava que eu tivesse diarreia durante um mês, contou.

Desde que casaram, o policial tem transformado a vida da digital influencer em um verdadeiro inferno por meio de torturas psicológicas. Os temas abordados na novela fizeram o ator refletir ainda mais sobre feminicídio e direitos da mulher. 

“Depois que Camilo foi traído, o amor de antes se tornou patológico, uma verdadeira obsessão. Para as cenas, consigo separar bem as coisas e não fico tão abalado emocionalmente, até porque não me identifico nem um pouco com as atitudes e com o caráter do Camilo. Mas não são situações simples de lidar, pois envolvem energias e sentimentos densos e obscuros”, analisou.

O artista tem utilizado, inclusive, os seus perfis pessoais para orientar quem vive problemas de abuso na vida real: “Sempre que há algo relevante, eu compartilho no meu perfil para que tenha o maior alcance possível. Encaro meu trabalho como artista como um instrumento de conscientização e de ampliação de possibilidades para as pessoas e fico lisonjeado de poder tratar de temas relevantes para a sociedade e dar voz a causas que merecem mais atenção, cuidado e reflexão”.

Lee confidenciou ainda que antes de Camilo revelar a sua face mais sombria a abordagem do público era completamente diferente. “Compreendo que as reações do público são resultado do trabalho. Acredito que, apesar da personagem não estar caracterizada como um estereótipo do policial, talvez, inconscientemente, a profissão mexa sim com a imaginação dos espectadores”, finalizou.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos