Leo Dias diz que foi discriminado no SBT por dependência química

Leo Dias
Leo Dias surpreendeu com declaração sobre saída do SBT (Imagem: Reprodução / Instagram)

Leo Dias falou sobre a sua saída do SBT e disse em entrevista à revista Veja que não teve o seu salário aumentado por ser dependente químico. A declaração veio em meio a outras falas polêmicas sobre a direção da emissora e do Fofocalizando.

“Eu estava em uma longa conversa, agora a emissora concordou com a rescisão: acabou de vez. Estou aliviado porque não era mais querido pelo elenco e direção do Fofocalizando”, afirmou o famoso.

Em seguida, o apresentador destacou o seu carinho pela emissora, mas fez uma crítica: “O SBT foi muito importante em me estender a mão na questão da minha condição de dependente químico, mas ao mesmo tempo o canal se aproveitou dessa questão”.

Leo Dias surpreendeu e contou que pediu para que o seu salário fosse aumentado antes da rescisão. “Por eu ser dependente químico, não aumentaram o meu salário e também negaram todos os meus pedidos”, acusou. “Sou muito grato aos três anos em que fiquei na emissora, mas sentia que a praça de São Paulo não me respeitava mais”, desabafou.

Ele revelou que existia um medo por parte dos seus superiores em suas falas no programa. “Eu não tenho script, havia uma tensão constante sobre tudo o que falaria no ar. Agora, eu ralava para trabalhar e levar conteúdo exclusivo à atração. Mas sei que errei muito também”, ressaltou.

O jornalista fez um mea culpa de suas atitudes, mas realçou que tentou passar uma informalidade no ar. “O resultado parecia uma criancice. Eu também não soube ouvir ‘não’. No Prêmio Multishow, o Fofocalizando queria que eu fosse cobrir de dentro de um cercadinho. Já passei dessa fase da minha carreira”, lembrou.

Leo Dias diz que era “imaturo” no Fofocalizando

No Instagram, Leo Dias compartilhou uma de suas participações mais lembradas no Fofocalizando na noite desta terça-feira (26), como uma espécie de adeus ao programa que o fez conhecido entre milhões de pessoas.

O jornalista deu uma lição de moral em si mesmo, se chamou de infantil, imaturo e revelou que não estava preparado para o programa. O trecho lembrado por ele foi em seu retorno após o primeiro afastamento, motivado pelo uso de drogas.

“Esse era eu no Fofocalizando. Infantil, imaturo, inconsequente, despreparado… Por isso meus companheiros de elenco não me aguentavam mais. Não sabia ouvir um não. Parecia uma criança mimada. Dava chilique, esperneava. Achava engraçadinho. Mas não era”, desabafou Leo, que pediu rescisão contratual do SBT nesta semana.

“O melhor é sair de cena”, decretou. “Agradecer ao Lucas Gentil, o louco que acreditou em mim, e ao gênio Silvio Santos. Ele insistiu em mim. Mas espero que ele entenda que eu tô saindo para a melhora do programa. Preciso me valorizar. Se eu não fizer isso por mim, quem o fará?”, questionou.

Ele garantiu que o Leo Dias que foi visto na TV era um personagem de si próprio: “Ao elenco, eu só tenho que pedir desculpas pela minha imaturidade. Ninguém é insubstituívelO Fofocalizando vai brilhar muito, tenho certeza. Jamais torcerei contra um lugar que me fez tão feliz”, garantiu.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS