Leonardo revela à Justiça que não humilhou compositor do clássico Pense em Mim

Leonardo
Leonardo falou sobre ação aberta por compositor do clássico Pense em Mim (Imagem: Reprodução/ Globo)

Leonardo se pronunciou na Justiça sobre uma acusação que sofre do compositor Mário Soares, um dos autores do clássico sertanejo Pense em Mim. O cantor revelou que não humilhou o autor da música.

A informação foi divulgada pelo colunista Rogério Gentile, do UOL, que ainda destacou que o compositor entrou com um pedido de indenização por danos morais e materiais contra o cantor alegando que a dupla sertaneja Leandro e Leonardo gravou a música em 1990 sem a sua autorização prévia.

Em processo, Mário Soares garantiu nunca ter recebido a remuneração devida pelos diretos autorais e afirmou que Pense em Mim era um reggae quando foi composta em 1985 por Mário Soares, Douglas Maio e José Ribeiro. Chamava-se Com Destino à Felicidade.

Na Justiça, o compositor disse que os sertanejos conheceram a música quando ela foi apresentada no programa televisivo Clube do Bolinha, durante um show de calouros. Somente depois de ter gravado a canção no álbum Leandro e Leonardo Vol. 4, os dois o procuraram para obter o consentimento, o que não teria sido feito de maneira formal.

Mário ainda afirmou no seu processo que foi pressionado por Leonardo e por outras pessoas do universo artístico a dar a autorização. Ele, então, está cobrando o pagamento de R$ 598,8 mil, considerando royalties e indenização.

Em resposta, o sertanejo disparou que a ação é uma aventura jurídica de pessoas que tentam enriquecer sem causa: “É muito estranho afirmar que, 30 anos após as tratativas relativas as canções, [Mário] finalmente sentiu-se injustiçado e resolveu buscar direitos que nunca teria recebido durante todo este período!”.

“No que tange aos direitos autorais, nada tem [o compositor] a reclamar com Leonardo, visto que ele não participou das tratativas e muito menos firmou qualquer contrato que determinou as remunerações”, seguiu a defesa do artista.

Leonardo também garantiu que não colocou o compositor em condição vexatória e que Mário quer, na verdade, “tumultuar o Poder Judiciário, como se processar alguém fosse uma simples brincadeira”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›