Lima Duarte e Maitê Proença celebram estreia de O Salvador da Pátria no Viva

O Salvador da Pátria
Maitê Proença (Clotilde) e Lima Duarte (Sassá Mutema) em O Salvador da Pátria; trama ganha reprise no Canal Viva (Imagem: Divulgação / Globo)

Nesta segunda-feira (12), 14h15, o Canal Viva exibe o primeiro capítulo de O Salvador da Pátria (1989). A novela de Lauro César Muniz marcou as carreiras de Lima Duarte e Maitê Proença, os protagonistas Sassá Mutema e Clotilde. Em nota divulgada pelo Viva, os dois celebraram o retorno da produção que atingiu índices históricos de audiência às 20h.

O Salvador da Pátria acompanha a trajetória de Sassá, boia-fria ludibriado pelo deputado Severo Blanco (Francisco Cuoco). Ele assume a amante do patrão, Marlene (Tássia Camargo), para aplacar os boatos sobre o caso extraconjugal, amplamente divulgado pelo radialista Juca Pirama (Luís Gustavo). Marlene e Juca acabam assassinados; a culpa recai sobre Sassá Mutema, o “marido traído”.

A população de Tangará, porém, sai em defesa dele. O apelo popular de Sassá deflagra uma guerra política, liderada por Severo e Marina Sintra (Betty Faria). Ele, contudo, escapa do domínio de ambos, chegando à Prefeitura por mérito próprio, sempre acompanhado pela professora Clotilde, por quem Sassá Mutema nutre um amor platônico desde o primeiro encontro na sala de aula.

O Sassá Mutema é um personagem muito querido. Foi dos melhores, tive a sorte de fazer grandes personagens. Ele é como eu, uma pessoa de transição. Sou um ator de um mundo de transição, do rural para o urbano, e o Sassá é um personagem disso. Ele passa do rural para o urbano. Era boia-fria e tinha um grande amor à terra. Olha que bonito que é esse homem”, celebra Lima.

Maitê Proença também exalta o perfil de sua personagem. “Clotilde era uma idealista que ia pro campo ensinar iletrados a se tornarem pessoas respeitadas e equipadas para vida. Ela acreditava no poder da educação. Sabia que a inteligência não basta, e que é preciso conhecimento para o ser humano se desenvolver”, relembra a atriz, que prossegue:

A relação entre dois personagens, tão diferentes em tudo, surpreendeu, intrigou e até chocou a sociedade. Eu aprendi muito no convívio com os atores à minha volta. Além do Lima, a Clotilde vivia na casa que pertencia ao personagem do Mário Lago, que era um excelente ator e uma pessoa deliciosa. O elenco todo era magistral e o autor, Lauro César Muniz, estava inspiradíssimo”.

O Salvador da Pátria também será exibida à 0h. Os capítulos ficam disponíveis para usuários do Canais Globo e assinantes do combo Globoplay + Canais Globo. O elenco conta ainda com José Wilker, Lúcia Veríssimo, Lucinha Lins, Susana Vieira, Cecil Thiré, Cláudio Cavalcanti, Marcos Paulo, Maurício Mattar, Mayara Magri, Natália Lage, Narjara Turetta e Suzy Rêgo.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›