Liziane Gutierrez e Faby Monarca descem o nível com troca de ofensas na web

Liziane Gutierrez e Faby Monarca
Liziane Gutierrez e Faby Monarca descem o nível com troca de ofensas na web (Imagens: Reprodução – PlayPlus / Montagem – RD1)

Liziane Gutierrez assumiu que está “conhecendo melhor” Antonela Avellaneda, do Ilha Record, e isso foi o estopim para uma provocação de Faby Monarca. A primeira eliminada de A Fazenda 2021 tomou conhecimento da alfinetada e daí começou uma troca de ofensas na web.

Numa publicação que falou desse novo romance, Faby não escondeu que não acreditava nas duas e disparou: “É cada papagaiada que inventam para se manter na mídia, vergonha alheia dessas mulheres”.

A ex-Fazenda publicou um print disso e se irritou com a rival: “Eu juro que tento ser gente boa e educada o tempo todo, mas às vezes apenas não consigo”.

Além disso, Liziane respondeu a mensagem e arrasou com a ex-participante do Power Couple Brasil: “Você é a que implora para entrar na Fazenda há séculos, né? Ah tá, entendi. Precisa ter vergonha não, amore. Pago minhas contas, sou independente e só desejo o bem ao próximo. E jamais me envolveria com alguém para me manter na mídia. Guarda seu miado para a milésima tentativa da Fazenda, só que ano que vem”.

No Twitter, a personalidade da mídia ainda publicou um vídeo criticando Faby Monarca: “Estava dando uma olhada nas matérias, a biscoiteira, usando meu nome, conseguiu uma mídia para ela. Agora ela já vai poder fazer umas publicidades, vai poder cobrar uns R$ 50, R$ 70, porque ela deve ter ganhado engajamento”.

Por fim, a ex-mulher de Marcos Oliver rebateu: “Engraçado que quem pegou uma frase minha e soltou na mídia foi você, sua ridícula. Várias pessoas comentaram, mas você escolheu somente o meu comentário pra postar no seu Instagram. Aproveita os 5 minutos de fama, sua cachaceira de quinta”.

Confira:

MAIS LIDAS

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›