Luan Santana grava campanha em homenagem aos caminhoneiros no interior paulista

Luan Santana
Luan Santana gravou uma campanha em homenagem aos caminhoneiros (Imagem: Reprodução / Instagram)

Luan Santana esteve em São José do Rio Preto, cidade do interior de São Paulo, no último sábado (28), para gravar uma campanha em homenagem aos caminhoneiros. O trabalho conta com a música intitulada Armadura de Um Guerreiro, composição própria em parceria de Matheus Marcolino.

O clipe contou com a direção de Daniel Mazzochi, e concepção de Bruno Vaz, que veio especialmente dos Estados Unidos para dirigir o clipe que tem previsão de lançamento, já para o próximo mês de dezembro.

A produção é uma homenagem da empresa de implementos rodoviários Faccini, e também do sertanejo aos caminhoneiros que estão trabalhando durante toda a pandemia. Considerado como atividade essencial, os caminhoneiros foram uma das únicas categorias que não puderam parar, ou mudar seu modo de trabalho durante esse difícil período.

Ser escolhido para participar de um clipe em homenagem aos caminhoneiros é muita honra. Diante da crise causada pela Covid-19, a sociedade foi impactada com algumas lições. Entre elas, a relevância dos caminhoneiros e do setor de transporte rodoviário. Os nossos guerreiros das estradas representam uma classe que se manteve ativa desde o início da pandemia, enfrentando esse período de adversidade pelo qual passa o mundo, com muito esforço e dedicação”, relatou Luan Santana.

O sertanejo fez várias cenas com caminhoneiros reais pelas estradas da região. Luan traz referências da música, e mostra toda a correria de um artista nas estradas do país, e finaliza a sinopse contando a sua própria biografia.

Luan que tem está com dez anos de carreira, e já se apresentou nos quatro cantos do Brasil, inclusive uma série de shows itinerantes, no qual ele aparecia de surpresa de dentro de um caminhão, veiculo que lhe servia de palco.

O cantor já cantou a diversidade de nosso país, mostrando do sertão nordestino, a grandes centro urbanos como São Paulo, usou desse contexto para gravar o clipe em homenagem aos caminhoneiros. “Como já dizia a canção: o artista vai onde o povo está. Toquei em cada cantinho desse Brasilzão, levando a arte para o nosso povo”, afirmou Luan.

“Essa saudade de casa, que bate forte no peito, me fez valorizar ainda mais aqueles que têm sua rotina sobre as rodas. E é por isso que eu quero fazer essa homenagem. Nesta pandemia, ficou latente a importância vital dos caminhoneiros na nossa economia e na vida de cada um de nós. Sem eles tudo para”, completou.

Veja mais ›