Luana Piovani se revolta, desabafa e cobra influenciadores sobre povo Yanomami

Luana Piovani
Luana Piovani manda recado surpreendente contra influenciadores (Imagem: Reprodução / Instagram)

Luana Piovani usou o seu perfil do Instagram, nesta quinta-feira (5), para mandar um recado para os “grandes influencers”. A famosa desabafou e cobrou uma posição das personalidades em relação ao caso dos yanomamis.

A apresentadora fez referência ao desaparecimento de 25 indígenas yanomamis. “Você tem ídolo, você segue pessoas famosas que você gosta aqui no Instagram? Então faz um favor, dá uma cobrada no seu ídolo sobre a situação dos yanomamis, os povos originários do nosso Brasilzão”, comentou ela.

A loira seguiu: “Duas crianças foram estupradas, uma criança foi jogada no rio e 25 yanomamis morreram. Uma aldeia foi dizimada, ninguém tem notícia. O Brasil é um catálogo de tragédias, isso a gente já sabe, mas o que mais me choca é ver que ninguém faz nada”.

Veja Também

“Na hora que os 10 primeiros instagrammers mais seguidos do Brasil começaram a falar e parar, nem que seja um dia, de fazer publi… questiona, vai nos stories, faz vídeo, pergunta. Não dá pra ficar vendendo produto para o Dia das Mães sendo que duas crianças foram estupradas… e você está aí vendendo seu kitzinho mãe feliz?”, questionou a atriz.

Por fim, Luana Piovani disparou: “Pelo amor de Deus, cadê a união? Vamos parar de fazer fortuna e trazer das coisas como se fôssemos uma sociedade. A minha vontade é de marcar as pessoas. Vai ver nesse mundo maravilhoso da bolha que essa pessoa vive ainda não chegou essa informação. É a única explicação para que eles não estejam questionando isso”.

A polêmica citada por Luana Piovani

No último dia 25 de abril, uma denúncia na Terra Indígena Yanomami desencadeou uma série de questionamentos e apuração da Polícia Federal. Tudo começou com o relato de que uma menina ianomâmi, de 12 anos, morreu após ser estuprada por garimpeiros que exploram ilegalmente a região. Durante as buscas, a comunidade foi encontrada queimada e não havia ninguém.

O caso ganhou repercussão nacional e tem mobilizado lideranças indígenas, autoridades, políticos, artistas e influencers que demonstraram apoio à causa repercutindo a situação nas redes sociais com a hashtag: “CADÊ OS YANOMAMI”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br
Veja mais ›