Lucas Strabko, o Cartolouco, se pronuncia sobre demissão da Globo e faz pedido

Cartolouco
Cartolouco foi demitido da Globo e se pronunciou (Imagem: Reprodução / SporTV)

Lucas Strabko, conhecido como o Cartolouco, se pronunciou sobre a sua saída da Globo. Em publicação, nesta segunda-feira (13), o jornalista publicou um vídeo agradecendo a emissora e confirmando a demissão.

Em gravação, o apresentador aparece ao lado de um logotipo do canal e lembrou momentos especiais que teve como funcionário da casa, como interações com Galvão Bueno e Luis Roberto. “Essa empresa me mandou embora”, anunciou ele.

“Empresa que me fez conhecer lendas do futebol, empresa que fez eu conhecer meus ídolos Tiago Leifert e Felipe Andreoli, me fez ‘sarrar’ com o Luiz Roberto, que me deixou zoar o Galvão Bueno ao vivo”, declarou Cartolouco, que colou um cartaz de “me contrata” ao lado do nome da Globo.

O repórter se envolveu em polêmicas durante a passagem pela emissora. Entre as mais conhecidas está o momento em que ele tentou beijar um repórter da RedeTV!, durante a transmissão dos Bastidores do Carnaval em 2020.

Cartolouco também apareceu ao vivo iniciando uma guerra de álcool gel, no meio da redação do SporTV. Lucas ainda levou um puxão de orelha da Globo, recentemente, ao satirizar o desafio do papel higiênico nas redes sociais.

Em um post, o famoso aparece seminu, sentado em uma privada e se limpando com papel higiênico. A postagem foi excluída pouco tempo depois da publicação.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Sim, é verdade. Veja até o final.

Uma publicação compartilhada por Cartolouco / Lucas Strabko (@cartolouco) em

CONTINUE LENDO →

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com