Luciana Gimenez achou que seria morta ao confundir chefão da F1 com vendedor

Luciana Gimenez
No GNT, Luciana Gimenez recorda história sobre corrida de Fórmula 1 (Imagem: Reprodução / GNT)

Luciana Gimenez contou uma história incrível durante sua participação no Que História É Essa, Porchat?. A apresentadora da RedeTV! recordou a vez em que pensou que seria morta após um pedido simples: assistir o Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1, em Silverstone.

Ela descobriu o telefone de um contato da categoria, que ela imaginou que fosse um cambista, e pediu informações. “Peguei o telefone, liguei. A pessoa foi seca. ‘Então, consegui seu telefone e estava muito interessada em ir na Fórmula 1, será que você não teria um convite para eu comprar?’. Não sabia se era esquema de mercado clandestino”, ressaltou.

A resposta foi seca, mas Luciana insistiu: “‘Eu quero muito ir. Como a gente pode fazer? Sei que é amanhã, está meio em cima…’. A pessoa falou: ‘Esteja amanhã às oito horas da manhã em tal lugar’, e me deu o endereço. Vi que era em um lugar chique de Londres, já comecei a imaginar, será que é alguém que roubou o convite e está lá?”.

Gimenez chegou no local e horário combinado, e um senhor de meia idade apareceu e recepcionou a então modelo. “De repente, um senhorzinho, bem pequenininho, me olhou de cima a baixo e perguntou: ‘Você que é a pessoa que quer a Fórmula 1?’. Falei: ‘Sou’, morrendo de medo”, enfatizou.

Morrendo de medo, ela pensou no pior. “Fui ficando nervosa, até pedi para sair. [Pensei:] ‘Gente, eu vou ser morta aqui! Alguma coisa vai acontecer’. Aí vieram umas crianças e uma mulher, fiquei mais calma. Pensei: ‘Bom, morta, agora, já acho que não’. Apavorada, com o dinheirinho na mão”, ressaltou.

Luciana Gimenez acompanhou o senhorzinho, as filhas e a esposa dele. Todos foram de helicóptero e pararam dentro do circuito de Silverstone. “Não entendi nada. Estava lá no pit, vendo todos os carros, me botaram um crachá… ‘Quando vou perguntar para esse cara quem ele é?’. Tive que procurar alguém para perguntar quem era”, afirmou.

O senhorzinho era ninguém mais que Bernie Ecclestone, na época o chefão da Fórmula 1 o homem mais poderoso do automibilismo mundial na época. “‘Como você não sabe?! É o Bernie Ecclestone, o dono da Fórmula 1!’. Aí que eu peguei o dinheiro e quase engoli”, disparou arrancando risadas de Fábio Porchat.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›