Luciano Hang
Luciano Hang suspendeu propagandas na Globo (Imagem: Reprodução / SBT)

Dono das lojas Havan, o empresário Luciano Hang vetou qualquer anúncio nos comerciais da programação nacional da Globo. A decisão veio à tona dias após o apoiador do presidente Jair Bolsonaro revelar com exclusividade ao site RD1 que suspenderia a propaganda de suas lojas nos intervalos da emissora carioca.

O próprio Luciano, conhecido na web como o “Véio da Havan”, compartilhou sua decisão no Twitter. Com o martelo batido, todas as campanhas publicitárias veiculadas nos intervalos dos telejornais Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional e Jornal da Globo, da novela Malhação e do programa Caldeirão do Huck foram retiradas do ar.

Para Hang, os programas mencionados prestam um “desserviço à nação” e vão contra “os valores da família brasileira”. “A Havan acredita que é através do otimismo, da confiança e da união de todos que vamos desenvolver e gerar os empregos que o Brasil tanto precisa”, completa.

Mesmo com a suspensão, as propagandas da Havan seguirão na programação regional, no Sul do país. “Por ora, manteremos nossas propagandas nas afiliadas e jornais locais, que ainda informam a sociedade de forma mais isenta e conservadora”.

Com laços estreitos com emissoras concorrentes da Globo, como o SBT, Luciano afirmou que a sua posição é corajosa. “O setor empresarial tem que ter a coragem e a responsabilidade de não aceitar o errado como verdadeiro. Juntos vamos mudar o nosso país”, destacou.

O ataque do empresário veio após um embate entre o presidente Bolsonaro e o jornalismo da Globo, após uma matéria sobre o porteiro do condomínio onde o político tem casa. O funcionário citou o então deputado federal em seu depoimento sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes.

Confira:

Antonio Tabet compara masturbação a Luciano Hang

Antonio Tabet, Criador do site Kibe Loco, provocou polêmica com o nome de Luciano Hang no “Segunda Chamada”, programa do canal My News, no YouTube. Ele falava sobre uma campanha chamada “NoFapSeptember”, para que homens não se masturbem durante o mês, quando citou o dono das lojas Havan.

O jornalista fez uma linha do tempo sobre a campanha, que começou há 8 anos: “A tradição começou em 2011, quando os frequentadores de um fórum online descobriram uma pesquisa de cientistas chineses. Segundo o estudo, depois de sete dias sem ejacular, os níveis de testosterona no organismo masculino disparam”.

Comediante, Tabet não segurou a piada, usando termos pejorativos sobre a masturbação masculina. “E sabe como é fórum de internet, né? Repleto de entusiastas do autoamor, do sexo solitário, da surra do boneco, do estrangulamento de golfinho, da boa e velha punheta”.

Foi quando veio a lembrança do empresário, que ficou conhecido por um apelido dado pelos internautas. “O desafio: passar um mês sem enforcar o velho da Havan”, surpreendeu.

Mariliz Pereira Jorge, Joel Pinheiro da Fonseca, Carlos Andreazza e Mara Luquet estavam no programa. A última não se conteve e foi às gargalhadas. “Tabet acabou com a punheta no Brasil”, decretou Andreazza.

🔵BOLETIM RD1 🔥 Notícias dos Famosos

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

EU QUERO