Luciano Huck faz a pergunta do milhão em quadro a ex-professor de Tatá Werneck

Luciano Huck
Luciano Huck quase deu o prêmio de R$ 1 milhão a professor (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Luciano Huck finalmente cumpriu a sua promessa e conseguiu fazer a pergunta do milhão do Quem Quer Ser um Milionário?, no Domingão. Ontem (26), Rafael de Andrade Cunha, professor do Rio de Janeiro, se tornou o primeiro participante a chegar a final do quadro.

Ele é professor de redação para o Enem e já foi executivo no ramo da educação. Rafael disse, durante a atração, o que faria com o prêmio: “Com R$ 1 milhão quero pagar as prestações do meu apartamento e ajudar a minha família”.

No último questionamento, Rafael desistiu de responder a pergunta que poderia lhe dar o prêmio final de R$ 1 milhão. A questão era sobre a origem do nome bluetooth. Ele não soube a resposta e terminou o programa com R$ 500 mil.

No final do quadro, Luciano Huck confessou que, após cumprir a sua promessa, o Quem Quer Ser um Milionário? pode não voltar ao Domingão. Inclusive, em 2022, a atração será reformulada pela Globo.

“Nem sei se volta mais no Domingão. Meu sonho era fazer a pergunta do milhão, eu fiz a pergunta do milhão”, falou o apresentador.

Participante foi professor de Tatá Werneck

Em seu perfil do Twitter, Tatá Werneck revelou que o competidor que quase ficou milionário já foi o seu professor. A fala da apresentadora foi feita enquanto o programa de Luciano Huck estava sendo exibido.

“Nossa! Meu professor tá há duas perguntas do milhão! Ele sempre foi excelente professor. Mesmo eu sendo péssima aluna”, brincou a famosa, que não deu maiores detalhes sobre o convidado do Domingão

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›