Luciano Huck reage após saída de Weintraub do governo e faz exigência

Luciano Huck
Luciano Huck reage após saída de Abraham Weintraub (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Luciano Huck falou abertamente sobre a saída de Abraham Weintraub do Ministério da Educação após 14 meses de polêmicas, erros de português e ameaças contra os Poderes. O apresentador comentou sobre a passagem do bolsonarista no cargo e fez uma exigência ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o novo nome para o cargo.

No Twitter, o contratado da Globo escreveu: “Sinceramente, espero que o país não troque 6 por meia dúzia no MEC. A mudança de direção tem que ser profunda em relação aos últimos 14 meses de uma gestão desastrosa na Educação”.

O apresentador do Caldeirão do Huck acrescentou que a educação no país se tornou “a nossa ferramenta mais poderosa para gerar oportunidades e mobilidade social. Não pode ser rifada de novo”.

Possível candidato à presidência da República em 2022, o famoso investiu em declarações de cunho político e social como plataforma nas redes sociais desde as eleições de 2018. Na época, ele era apontado como um dos presidenciáveis, mas desistiu da candidatura de última hora.

Recentemente, em críticas diretas ao presidente Bolsonaro, Luciano lamentou as informações desencontradas e distorcidas do governo federal em relação à pandemia do novo coronavírus. “Informação é a nova fonte de riqueza. Temos de nos mobilizar para impedir que ideologias reacionárias distorçam ou neguem fatos no Brasil”, detonou.

Confira:

PRÓXIMA MATÉRIA→

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

RECEBA NOTIFICAÇÕES GRÁTIS