Luciano Huck
Luciano Huck tem reunião com nomes da política brasileira (Imagem: Reprodução / Instagram)

Luciano Huck se reuniu, na última sexta-feira (8), com o grupo RenovaBR, formado por possíveis novas lideranças do país A reunião com o time, integrado pelo apresentador, aconteceu em um hotel fazenda no Vale do Paraíba.

A ideia do encontro foi montar um plano estratégico e político para 2019. Além de Luciano Huck, o ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, também esteve presente, bem como executivos do mercado financeiro. A informação é do site “O Antagonista”.

O contratado da Globo chegou muito perto de conseguir uma posição para a candidatura a Presidência da República, em 2018. Mesmo fora na última eleição, Huck garantiu que pretende “contribuir de maneira ativa para melhorar o País”.

Já Paulo Hartung não escondeu de ninguém o desejo de se reunir com Huck e, juntos, montarem uma chapa presidencial nas próximas eleições.

O envolvimento do marido de Angélica na política em 2019 começou com a sua ida a Davos, durante a reunião do Fórum Econômico Mundial, recentemente. Na ocasião, ele encontrou o atual Ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Danilo Gentili e Lobão causam com campanha contra Renan Calheiros

Uma discussão entre o senador Renan Calheiros (MDB-AL) e a jornalista Dora Kramer, pelo Twitter, no último final de semana, fez os internautas reagirem e pedirem a cassação do político. Danilo Gentili e Lobão estiveram entre os que lançaram a campanha e detonaram o senador.

Tudo começou quando a jornalista escreveu na revista Veja, após a derrota do político na eleição para a presidência do Senado. “O senador até agora considerado imbatível no quesito dominação de apoios internos, foi vítima da própria arrogância que o impediu de perceber a mudança do rumo dos vento”, anotou.

Renan, então, disparou na rede social: “A Dora Kramer (Veja) acha que sou arrogante. Não sou. Sou casado e por isso sempre fugi do seu assédio. Ora, seu marido era meu assessor, e preferi encorajar Geddel [Vieira Lima] e Ramez [Tebet], que chegou a colocar um membro mecânico para namorá-la. Não foi presunção. Foi fidelidade”. A publicação, no entanto, foi deletada em seguida.

Logo após a repercussão da publicação do senador, a hashtag #RenanCassado ganhou força no Twitter e se tornou um dos assuntos mais comentados. Danilo Gentili, Roger (do Ultraje a Rigor) e o músico Lobão, militantes atuante da direita brasileira, fizeram ou compartilharam publicações contra Calheiros.

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!